.

sábado, 3 de outubro de 2009

Arte de Fazer Poesia!


Ocaso

O tempo, o meu próximo perigo,
velhaco, passa sutil e lentamente,
trazendo, impune, todo um castigo,
ao levar, tão rápido, este presente...

Não há mágoa. Apenas, bendigo,
todos os momentos, as quimeras mil,
por mais difíceis que tenham sido,
em nada, esta vida, me foi hostil...

Momentos bons sobram na medida,
entre o irreparável, e uma “nova vida”,
ao fingir para tudo que lhe for tosco...

Sobrará na memória, sempre digo,
da vida, o que foi bom e lhe foi abrigo,
quando, irremediável for, o sol posto.

...
Ainda,
dos males, rolam-se as barganhas,
com as alquimias, sua moeda forte,
na sutileza para as novas façanhas...


Oswaldo Genofre





Se queres, mesmo,
Sem medo,
Para todo o tempo,
Te digo:
É agora!
É a primeira hora
Do dia que surge
E antes que ela passe
Te encha de coragem
Me acorde do sono
Me deixe sem jeito
Me liga, me chama
E diz:
“ Te amo”
E direi:
“Para sempre”
Mas não deixe
Ser duas horas
Não deixe
De balançar meu peito
Porque a vida
Passa tão rápido
Os olhos escurecendo
E queria ser teu sol
De dezembro a dezembro
Vai, porque é o momento...
Agora, em tempo,
Diz:
“ Quer ser minha?”
Eu direi:
“De corpo, alma,
Espírito e pensamento”

Cáh Morandi


Caminhos da imaginação

Fechei meus olhos
E entrei em profunda
Meditação.

Nos caminhos
Da imaginação
Caminhei...
Vi o amanhecer amarelo
Vi o sol se derramando
Nas águas verdes do mar
Lá ao longe um barquinho flutuando.

Entro numa estrada colorida
Vejo crianças correndo
Cabelos despenteados
Mais anjos do que crianças
E logo somem na estrada.

Abro os olhos lentamente...
Já não medito
Mais nos caminhos
Da minha imaginação
Eu prossigo
E assim eu vou sonhando...

Terezinha C Werson



*Ensaio*

O poeta quer liberdade,
quando preso, se desespera,
amargurado, não aceita as amarras.

Obcecado volta à escrivaninha
e tenta desprender o Poema
algumas vezes consegue
outras vezes não...

E quando isso acontece, obstinado
volta a brincar com as palavras.

Alguns chamam isso de loucura.

Prefiro chamar de Ensaio.

Marçal Filho
Itabira MG


Poema á um iluminado olhar

Nesses olhos que tanta coisa já viu
que tanta vez já chorou por motivos vários
Dormita um corajoso olhar muito brilhante
que a esperança não permitiu que se apague...

Olhar de guerreiro que sabe o que quer
Olhar em chama de vida pulsando dentro de sí...

Entre o misterioso, profundo e o belo,
existe o terno, acalorado e afetuoso olhar
À espera de uma grande emoção poder vivenciar...

O sorriso também é uma luz que a sua alma irradia
Com o encanto e a magia da sua etérea grandeza...

Denise Flor©


Meu corpo e o seu
São sôfregos
Com a chuva fria
De inverno
Vigiada ao apelo
De nossos querer.

Mais!

Meu mundo e o seu
É impares
Sou à sombra de ti
Tu sempre serás
Sombra aqui
E também,
Amor e saudade.

...........” Catarino Salvador “.



Linda você...

Meu bem!... Sempre que puderes, mesmo que
por alguns instantes apenas, olha pra ti mesma
e pensa em algo de admirável em ti
seja física, mental ou espiritualmente falando

Permita que essas sensações agradáveis
produzidas por esses momentos singulares
envolva todo o teu corpo, teu ser, tua alma
enfim... Entrega-te e deixa-te... Ser bela...

Ser bela é magia pura
um estado de encantamento impar
onde você estará sintonizada contigo mesma
e com o universo...

Procura ouvir e vigiar a tua fala
para não apenas despejar palavras
sinta as nuances do teu corpo
para não deixar que seres estranhos o habitem

Esteja sempre atenta aos teus pensamentos
não deixando que eles fluam desordenados
desenvolva a habilidade de observar a ti mesma
e te surpreenda com a tua imensurável beleza

Ricardo G Denunes ® 1101A2



Vazia...

Todas as vezes que eu estou assim
vazia de mim,
Minha alma fica calada, fechada,
Meu corpo não reage
e minha inspiração foge de mim
Calando os meus versos,
e eu preciso falar das minhas
vontades,meus desejos
e saudades
que machucam e me fazem
chorar lagrimas de dor

(Maria Bonfá)


Preciosidade


Liberdade não rima
o que cabe a mim dizer,
não posso porque é a pura verdade.
Liberdade não vinga
Não me faz acreditar que se pode
esconder um fio de linha.
Liberdade é um estado de graça
que depende do passado...
da temperatura que mergulhamos
no lago dourado.
Valha-me um sonho,
uma preciosidade
- Liberdade !


(Cibele Camargo - do Livro "Verdades e 1/2")


Procurei razões
Para não te amar
Mas só encontrei
Força para não te perder

ManyPallo

CERTEZA

Me alegro quando a vejo,
Com este seu sorriso preso,
Despertando o meu desejo,
De amar-te, amor, sem fim!

Mas você meia sem graça,
Nem me olha quando passa,
Ou disfarça,
Vai saber?

Mas eu fico te olhando,
Admirando
E sonhando,
Em falar-te o que sinto.

Que eu te amo
E eu não minto.
E amar-te, irei,
Você vai ver...

Elciomoraes



Amantes da Poesia

Que seria do poeta se não fosse o vento
Que leva para todo lugar
Versos, palavras de amor, sentimentos
Que faz o coração se encantar!

Um vento que leva os versos
Em papel, ou na tela de computador
A corações adversos
Provocando alegria e amor.

É um vento que ama poesia
Levando a todos a alegria
Em blogs, em livros, em cartões
Despertando silenciosas ou fortes emoções.

Um vento que leva o poeta
A mundos distantes e pessoas secretas
Com o encanto e muita ternura.
Estes ventos possuem almas puras.

Ataíde Lemos

Meu crepúsculo

Pescarei palavras para ti
Com lápis não conseguirei
Expressar meus sentimentos
De forma que a faça lembrar
Nossos momentos vaidosos

Talvez a deva um beijo,
Um abraço com toda minha afeição
Quem sabe amor? Eu nem a tenha comigo!
Teria talvez deixado na penumbra
De nosso ultimo encontro, pegadas na areia!

Mas todo o amável sobrevive terei-te sempre
Nossas horas se findam como as folhas maduras
Que deixam seus galhos para abraçar as raízes
Terei pouco! menos até que felicidade
Mas terei teus pés, isso me basta, se queres assim.

Vistes?
Serei só! Uma folha madura.

E tu? Cresceras! Frondosa...
Pois o amável sobrevive.

...........” Catarino Salvador “.

Marcadores:

4 Comentários:

  • ola querida amiga Marta Peres é um prazer sempre estar em sua página. Como diz o poema o que seroa de nós poetas se não houvesse os amantes da poesia que leva nossos versos a todos os que apreciam este tipo de literatura, abraços

    Por Blogger Ataíde Lemos, às 3 de outubro de 2009 09:43  

  • PARABÉNS AOS POETAS E POETISAS QUE DIVINAMENTE ENCANTARAM "ARTE DE FAZER POESIA!"ESSE CANTINHO MARAVILHOSO DE VERDADEIRA ARTE E AMOR!LINDÍSSIMO...TODOS!BEIJOS MEUS!


    PARABÉNS A GRANDE POETISA AMIGA MARTA PERES POR PROPORCIONAR ESSE MOMENTO LINDO AOS SEUS LEITORES...E FAZ PERMANENTEMENTE!TE ADORO!BEIJOS NA ALMA!

    Por Blogger Marisa, às 3 de outubro de 2009 19:55  

  • Obrigado minha querida POETA MARTA PERES, por me dar mais esta oportunidade de estar entre os grandes poetas, o que me deixa lisonjeado.

    beijosss

    Por Blogger elciomoraes, às 4 de outubro de 2009 06:24  

  • Graça e paz!

    Marta, minnha nobre princesa, como amo estar navegando nas páginas poéticas de o Jornal O Rebate, onde podemos nos deleitar com Ataíde Lemos, Marisa, Hortência, Rô Lopes e tantos outros poetas de valor.

    Que Deus permaneça iluminando os seus belos e silentes passos,nos contemplando com emoções e mais emoções.

    Fantástico! Parabéns!

    Poeta José Bonifácio

    Por Blogger josebonifacio, às 4 de outubro de 2009 08:41  

Postar um comentário

<< Home