.

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

A Poesia é Arte!



TAQUICARDIA

quando te vejo chegando,
elegante, vestida de branco e decote,
saltos, batom carmim, a sorrir.
a pressão arterial vai se elevando,
...tão lindo o seu porte,
só para me afligir.
dama do luar mais pleno,
diva de todos cantos,
maravilhe com este encanto,
este olhar penetrante, ameno.
solte-se, se exiba em uma dança
do ventre,
nem tente
dizer não.
seja o centro das atenções,
desperte as visões inebriadas,
farte as outras de cíume, inveja.
deusa de todas estações,
das palavras semi-inacabadas,
arpejo, labareda. voce não cesse
de me provocar;
a pulsação galopa ligeiro,
o coração bate desafinado,
um suor frio escorre.
amor, seu cheiro
de desejo evaporado,
nasce e morre,
cada vez, mais
em
mim!...
[gustavo drummond]

Minh'alma Nua


Tua...e completamente nua
Minh'alma flutua e entrega-se
a essa paixão tão pura
vestindo-se dos mais loucos
sonhos os meus desejos mais
ardentes a procura de ti!

Tuas mãos
Tocando-me...
traçando novos caminhos
docemente
percorrendo meu corpo
tatuando em minha pele
versos que escrevi pra ti!


Nesse mar de desejos inatingíveis
e entre abismos profundos
as estrelas e a lua
- espiãs das noites escuras -
observam minh'alma nua...
completamente tua!



celina vasques



FIO
Oswaldo Antônio Begiato

Afiada,
a pá lavra
a terra.

Afiada,
a palavra
enterra.

Poema inspirado no filme
“O Despertar de Uma Paixão”
escrito para o site CineZen Cultural


Por vezes acreditamos fazer escolhas erradas
achando que não iremos suportar
os reveses que a vida nos impõem
quando tudo parece desmoronar

Atravessamos por caminhos sombrios
cometemos erros dos quais iremos lamentar
trocamos o sentimento verdadeiro
por uma ilusão passageira
até o dia em que iremos acordar

Descobrimos que está ao nosso lado,
a felicidade que buscamos em vão
vendo ressurgir vida e alegria
no Despertar de uma Paixão…

Regina Azenha


Vivemos em um mundo cheio de surpresas, então colocar os sonhos nesses meios, é a chance de uma surpresa, torna-lo realidade.

...........” Catarino Salvador “.



Análise

Eu posso ser como eu quiser,
posso ser o que você quiser.
E você, sabe quem é?
De acordo com o momento sou ternura
e alegria, admiro a magia das flores,
do sol, da lua, dos pássaros em revoada.
Acredito que possa ser fada ou bruxa.
Posso ser surpresa ou espanto.
Lentamente caminho rumo à morada dos anjos,
sei que ainda alcançarei as estrelas navegando
em um cometa, tudo posso quando quero.
E você pode?
Vejo você a olhar para mim, admira ou recrimina?
Me examina como se estivesse analisando.
Sou assim mesmo, brava, ponderada, impulsiva,
entusiasmada, encolerizada, sou tudo isto e mais também,
no entanto deixo sua voz rouca de prazer,
me viro do avesso e lá estou, apaixonada por você!

Marta Peres


SEDE COMPULSIVA

Abro a porta.

Entra uma alegria de sabor bem doce
fruto temporão a batizar de eternidade
a lentidão dos meus dias.

Ela vem como pássaro nos braços do vento
oferecendo a possibilidade
de sorriso intenso.

Tenciono soltar a palavra.
Me falta a voz.
A emoção trancende as setas de cruzamento.

Meu olhar tenta medir palmo a palmo o infinito
para pousar meus sonhos
no urbano mundo do cotidiano.

Meus pensamentos valsam tontos
como um luar sem destino cada vez mais bêbado
buscando essa graça sem limites.

Com a sede compulsiva
de quem intenciona beber a vida num só gole.

Rosy Moreira



VAMOS BRINDAR NOSSO AMOR!!

Vou abrir uma champanhe!!!
Para comemorar nosso amor!
Vem brindar comigo...
Venho trazendo amor!

Vem amor inconfundível, intransferível,
Vou me vestir de mil cores!
Com uma leve langerie transparente...
Como transparente é o nosso amor!

Espalho um cheiro agradável de...
Cravo, canela e orégano...
Vamos ao que interessa, fazer amor!
Para nos satisfazer desta louca e gostosa paixão.

Que nesta hora vamos saudar felizes em músicas
Ponha as mãos em meu peito e aqueça-me agora!
E que esta hora tão desejada seja brindada...
Com um agradável Champanhe!

Autora:Nancy Amorim


"Encanto"

O que é isso que sinto
quando me ligo a ti?

De onde vem esse
mundo em mosaico
pelo qual riso e choro
se misturam?

De onde vem você?
Senão do mais profundo
dos meus desejos

Somos assim similares
E só eu entendi
seu vôo-borboleta

Milhares de quilômetros
no tempo te encontrei
Pelo teu perfume
teu mais singular perfume

E neste tempo irreal
vi teu corpo de bruços
tive teu corpo em meus braços
tive tua entrega total

Dormi dentro de ti
como seria impossível
a qualquer outra mulher

E quando acordei
não mais acordei
do sonho de ter - ser
a parte mais intima de mim

Tua sólida presença física
se liquefez em meu sonho
fluindo teu encanto em mim

Maria Florჱܓ


ETERNIDADE

O tempo passou,
Cicatrizes ficou,
Mas o amor perdurou,
Este amor de verdade.

Nossa felicidade,
Vem da eternidade,
E depois da saudade,
Bem mais forte voltou.

O destino traçou,
O que a vida ensinou,
Que o momento chegou,
Deus, bem o sabe.

Como o vento,
E o sentimento,
Que por dentro,
Nos invade.

E não há,
E nunca haverá,
Quem matará,
O que não há mortandade...

Elciomoraes




NÃO DIGA NADA

Deixe que a noite brumosa
Envolva docemente nossos
Corações
Porque palavras já não explicam
E brevemente
A primavera trará cor aos dias
Que o inverno desbotou
Não diga nada!
Ouça apenas o sussurro da alma
Quebrando o silencio das horas
Caladas
Entregue ao vento o sal de todas as
Lágrimas
E sinta apenas o aroma das verbenas
Perfumarem nossa madrugada
Porque sinto vivamente os vestígios
De felicidade calando no peito o grito
Que arde!

Simplesmente Teresa


NAS ASAS DA POESIA

Faz-se madrugada...
cavalgamos por entre as nuvens,
brincamos com as estrelas,
repousamos na lua

Explosão de alegria
invade nossas almas,
doce fantasia

Nossos corpos se entrelaçam
desejos são saciados
entrega repleta de amor

...

São delirios de um poeta
que sonha e viaja
nas asas da poesia...

Regina Azenha


Amor e paixão...



Você em mim,
Transborda sensualidade,
Arde a imaginação;
Pétalas espalhadas
No corpo da sedução,
Fetiches que cabem na
Permeável fantasia e sexualidade
Na geografia de nós dois;
Você beija-me, excita-me e
Deseja-me
Na mesma intensidade que eu;
Extrapolamos de prazer,
Além de nós,
A voz do coração
Grita no infinito
Ápice de amor e paixão.



Marisa de Medeiros




ORVALHO NOTURNO

Salpicou os campos
Com gotas cristalinas
De estrelas

E seu brilho
É de sonhos
Que deixei
Cair dos olhos
Cintilando horizontes

Nesta noite
De noturno encanto
O amor se expande
Fascinante!

ManyPallo


ANSEIOS

Ainda no casulo
cobicei a cor da manhã
veludo úmido, promessa...
Depois... um fim de tarde,
aves voltando pro ninho,
silêncio de estrelas.
Hoje embalo
anseios por mais um setembro.

e pela cor da primavera.
Basilina Pereira


Albergue Solidão

Quando em mim, a esperança habitava,
fiz da vida e da minha alma um Albergue!
Deixava a porta entreaberta, sem nunca
me importar com quem por ela entrava.

Queria somente que o amor chegasse!
Trazendo com ele na bagagem a alegria
de alguém que cuidasse do meu coração
e que verdadeiramente, a mim amasse...

Muitos chegaram me oferecendo ilusão.
Mas poucos, alguma coisa me deixavam.
E como chegavam, partiam _ depressa!
Esquecendo para trás saudade e solidão.

Alguns, quando chegavam, nem se notava!
Partiam calados, escondidos como ladrões;
roubando de mim as migalhas de felicidade
que juntei e como um tesouro eu guardava!

E o tempo, lento e cruelmente passou...
Vi morrer a esperança e também a ilusão.
O Amor? Não conheci. Ele nunca chegou!

A porta da minha vida, a muito tranquei...
A chave? Não sei...Perdi. Pouco me importa!
Nem sequer mais ouço as batidas na porta!

(Ginna Gaiotti®)



Miragem!


Olhando assim de onde estou,
Parece o paraíso,
Um dia eu vou,
Pois conferir é preciso.


Inda mais eu que vejo com a mão,
Mesmo de passagem,
Guardaria no coração,
As entrelinhas da viagem.


E quem sabe virasse um poema,
Um clássico de nós dois,
Que se tornaria nosso tema,
Pra outra vez e depois.


*Santaroza*



A paz!


Ás vezes nas horas de solidão,
Quando o céu e a terra se encontram em mim,
Vejo o tempo sem pressa preguiçoso,
Nessas horas eu tenho a certeza que existe paz!



Santaroza

SEDUÇÃO

Encontro teu olhar do outro lado;
olhando para mim fixamente...
corrente que percorre o corpo;
malícia que seduz e domina a gente.

Atraçâo e magnetismo é tiro certo;
nada controla a sedução...
homem e mulher quando se querem
é fogo, poesia e paixâo.

Mistério que nos ganha de repente;
encontro envolvendo atração;
sede de encostar na pele quente...
no desejo do corpo ardendo na paixão.

vida que encontra vida...
num beijo intenso e envolvente;
se o amor e o sexo se completam
atropelam quem se coloca na frente.

Amor é vida... sexo explosâo...
coração que dispara inconsequente;
entrega sedutora dos amantes...
na doçura do amor e na chama da paixão.

MÁRCIA ROCHA



Primavera

Perfume de flores embriagam
de prazer e cores mais parecem
aquarela, eis que chega a estação
florida sem que eu tenha buscado
por ela, veio no tempo e carregada
pelas mãos de Jesus.
E a beleza que vem da terra
nos dá a certeza de que a vida
nasce todos os dias, em cada sol
que chega, em cada manhã que nasce.
O trinado contente dos pássaros
diz da felicidade sentida no coração
e beija-flor apaixonado deixa
escorrer todo seu amor.

Marta Peres



Mil almas


Mil almas eu teria
Para te encontrar um dia
Para ir bem mais além
Além de onde estou
Além do que querias

Mil almas sim...
Mil almas eu teria
Para buscar-te além dos montes
Por outros horizontes
Além do gris dos dias

Mil almas sim...
Mil almas eu teria
Só para te encontrar
Só para te amar
Para te amar um dia!

Adriano Hungaro

O sussurro do rio era cantiga

Juventude sonhadora...
Só havia beleza!
Ilusões eu transformava
Em verdade,
Sonhos em poesias.

Ao acordar via a aurora
Ao cair da tarde só cores...
Nas noites escuras,
Eu transformava
Vaga-lumes, em estrelas
E sempre havia luz.

O sussurro do rio era cantiga
O vento cantarolava
As gotas da chuva
Eram brilhantes
Escorrendo pelo chão.

Os raios riscando
O céu eram faíscas de ouro,
O trovão a vos de Deus...

No meu refugio solitário
Sonhos eu encontrava,
E tudo eu transformava
Em sorriso e esperança.

Terezinha C Werson




Bem assim

É bem verdade, que me perguntaram
Sobre o saber, sobre o amor!
É bem verdade, que respondi,
Escrevinhando sobre um ser...
Sem ao menos saber se foi amor
Ou dor antecipada.
Bem assim!
Acordar em um novo dia,
Sem ao menos conhecer a madrugada.

São verdades, que os sonhos
São realizações futuras
E que para eles as horas são curtas!
É bem verdade que não perco tempo
Por ter em meu caminho sempre
Um contratempo, um centro instável.
Bem assim!
Sentir o sabor de um beijo
Sem saber dos olhos seus desejos...

...........” Catarino Salvador “.



Fragmentos

Tento juntar os pedaços que restaram
de um coração...
coração que aos poucos foi se quebrando,
em cascalhos se transformando,
ao longo do caminho...

Tento ...e quanto!
são fragmentos que restaram
de um amor...
de uma vida...

são grãos de areia
que se perderam no tempo,
que se deixarem levar pelo vento,
sem saber bem o porquê...

são lembranças revividas,
que se transformam em poesia,
para perpetuar o ser.

REGINA AZENHA




Pecado

Quem dera
Meu doce menino
Em noites sem lua
Aprender com você
A arte de amar!


Kátia Claudino Caetano Pereira



Nosso céu

Teus beijos suaves
teu olhar pidão
No frio da noite
suplíca por aconchego...

E meus braços abertos
te recebem com amor
te abrigam com paixão...

Meu sentimento
atrai tua alma...

Paz
Calma
Luz,
no nosso firmamento!

Denise Flor©

Tocando
Dedilho por finas cordas
Acordes em dó

Cantando
Revivos longos versos
Que jaz no tempo

Pensando
Passeio por horas
Que em segundos são histórias

Sonhando
Vou alem de tudo
Muito alem do fim do mundo

Serei sempre...
Um acorde em versos
De histórias sem fim.

...........” Catarino Salvador “.


Amor com o Ritmo das Ondas

Navego em teus olhos, se naufrago, eu não nego!
Não nado, me entrego, aos teus lábios que sempre quero!

Em tua pele sou jogado como anzol amarrado ao chumbo...
Caio rápido, chego com tudo, no molhado penetro fundo!

Neste mundo tão escuro, escuto gemidos como de golfinhos,
No ninho deste amor, tu rebolas sem pudor
Como o mar que está em fúria, em noite de tempestade da lua...

Ela brilha como teus olhos que me devoram e me pedem mais!
Me agarro nesta onda e com vontade penetro fundo em teu cais,
Como navio que joga a âncora para esperar a calmaria do mar!


Pergentino Júnior


Conserto...


Quero apenas essa leveza da alma que por ora sinto...
Nada fará, com que se desarme essa cumplicidade do
silêncio com meu coração...
Estou acariciando minha solidão....
Estou restaurando minha paz...

(Cida Luz)



Depre _

... É Uma Tristeza Tamanha de Dar Dó
de Se Sentir o Peso Da Dor Emocional,
As Paredes do Apartamento Parecem
Que Ouvem os Lamentos...
Lá Fora Noite Se Faz Manto de Estrelas
e Se Chover Que Seja,
Estou Indiferente
Ou Nem Estou...
Pudera Eu Calar os Meus Pensamentos
Arrancar Das Entranhas as Mágoas,
Poder Dormir Mesmo Sem Sonhar...

(Maxuel Scorpiano)



GIRASSÓIS

Seus olhos assemelham-se
a grandes girassóis de pétalas abertas
vindos em minha direção...

com um imenso poder
de ler e traduzir meus desejos
já desfolhados.

Rosy Moreira


MORRER... SÓ AMANHÃ!

Se eu tiver que morrer amanhã
que te seja uma simples magia.
Pois a aurora precede a manhã
e morrer nunca morre num dia.

E não leves memórias carpidas
nem saudade de vidas futuras,
nem lamentes as horas vividas
com a perda de tuas venturas.

E me cubras de rosas banidas
e me tenhas a dor dos aflitos.
A mentira das balas perdidas,
a justiça sem lei dos malditos.

Só amanhã é que devo morrer.
Que te seja de morte sem dor,
e me levem o teu bem-querer
e os espinhos feridos de amor.

Se eu tiver que viver amanhã
que te seja de amor e magia!
E o nascer anteceda a manhã
e amanheça a vereda do dia!


Afonso Estebanez


Súplica

Sentados ali
Sem palavras
Só silêncio
Um silêncio absurdo
Que fazia tamanho barulho
Dentro de mim
Que gritava
Como se fosse
Meu último recurso
Para dizer-te
Não me deixes,por favor!
[Geninha]

ROSA VERMELHA

A cor da vida,
Do sangue de Jesus Cristo,
Do amor,
E da paixão...
Que envolve a alma,
Toma conta do coração,
O corpo só responde,
Aos desejos secretos,
Que explodem e ardem,
Tal qual febre alta,
Coberta de delírios,
Sussurros,
Gemidos...
Que a todos encanta,
Como leve canto,
Ou poesia fina,
Feito canção,
Que se eterniza...
.
Rosa vermelha,
De espinhos,
E de veleza...
Tal qual a vida,
Com obstáculos a serem vencidos [espinhos],
Mas, que no final, aflora para a vida...
A rosa se abre,
Dando aroma e cor,
Estampando sorrisos...
Mexendo com os corações apaixonados,
Que nem lembram mais dos espinhos...
.
Da flor ?
-Não. Da vida!!!
.
Esther Gonçalves



Amor que faz doer!




Quando as lembranças me atormentam,
deixo as rimas surgirem,
e são elas que me alimentam.
Pois, a saudade causa em mim
dimensões de sentimentos,
que eu mesma desconheço.

Uma tristeza que arde sem dó,
um desejo louco invade o corpo inteiro,
rouba-me a paz, faz chorar, sangrar por dentro,
pois, te quero como amante e fiel companheiro.

Sendo assim, viajo em meus versos
tentando entender, as razões desse desvairado querer,
e de tantas tribulações que tenho padecido.



Paty Padilha

Buquê de sonhos


Em tuas mãos um buquê de sonhos ...

Sem lembranças.

Um jardim belo...

Sem perfume.

Nuvens que se modificam

Escurecendo a paisagem.

Moinhos de vento...

Movimentando o rio.

Tudo se recria,

Na experiência de existir.

Mas o vazio anuncia

O fim do encanto.


Marilene



Dance comigo...


Amor, com você quero dançar

uma música lenta e romântica...

Abraçadinhos de olhos fechados

sussurar em teus ouvidos, sonhar...

Dançaremos, como se estivéssemos

sobre nuvens macias como algodão

coladinhos, sentirei teu perfume

o calor de seu corpo...

Ao som dos violinos

terei você em meus braços

te direi palavras de amor

Abraçados enamorados fingiremos

que estamos num castelo...

Você será a princesa mais bela

eu o teu príncipe apaixonado

te declararei todo meu amor

meu carinho, amor por você...

Ao som dos violinos,

direi amo você!

(Joe Luigi)





MEU ENTARDECER


Todo final de tarde
quando o sol vai se escondendo
sinto que minh'alma
vai aos poucos se entristecendo...

Nesses momentos do entardecer
me bate uma saudade imensa
faz-se noite em meu coração
e em devaneios vou me perdendo...

...

Gotas cristalinas
vertem dos meus olhos
como se pudessem
na escuridão do meu céu
transformarem-se em estrelas...

Regina Azenha




VIDA PLENA
Guida Linhares

É isso aí...vamos viver a vida
da melhor maneira possível.
Problemas sempre irão existir...
Impasses, polêmicas, desencontros,
fazem parte da caminhada no cotidiano.
Mas se soubermos entender
os "porquês" que se escondem
em cada passo da estrada,
poderemos reconstruir pontes,
escalar montanhas ou simplesmente
sentarmos debaixo de uma árvore,
contemplando a planície de sonhos,
que se descortinam na linha do horizonte,
refletindo sobre a sua concretização.
Afinal viver e conviver é uma arte
que se aprende a cada dia,
colocando o coração e a razão
sob o crivo da mais perfeita harmonia,
pois a vida espera para ser vivida!
Que assim seja, em toda a sua plenitude!

Santos/SP - 29/09/09



ME GUARDE

Não me afaste
do seu sonho mais bonito,
pois entre desencontros,
ainda acredito
que um futuro feliz
pode acontecer
e enroscadinha em você
eu possa amanhecer...

Não quero sair
do seu amor.
Ameniza por Deus
tanta dor,
me guarde nos olhos,
em cada retina
como se cuidasse
de uma indefesa menina!

Quero ser a sua
eterna tatuagem,
seu acalanto
se lhe faltar coragem...
Se não puder,
que triste fatalidade!
Então eu lhe peço:
- ME GUARDE NA SUA SAUDADE!

Arethuza Viana




BONEQUINHA ANGELICAL

Seja bem vinda
Minha musa
Minha linda
Vem correndo
Vem depressa
Bonequinha angelical.

Há tanto amor
Tanto carinho
E ternura
A você minha candura
Que eu guardei para lhe dar,
Pois que tu és, especial...

Elciomoraes




Colore minha vida como queiras
Pinte meus cantos com teus soares
Estou nos fios de teu pincel
Que aranha esta tela plana
Que plana no ar, azul!

...........” Catarino Salvador “.



A Fadinha Só!


Lá vai a Fadinha sozinha,
Seu semblante está indefinido,
Seu bater de asinhas é desajeitado,
Seus pensamentos estão longe...
Será que é em seu Elfo, que está a pensar?

Em seu pequenino coração apenas lembranças...
Esperando ser e ter alguém para amar!
Sem entender seu destino, sem razão e sem porque,
Suspira baixinho, bate as asinhas devagarzinho.

Sem poder o esquecer, mas o destino a fez por ele querer,
Amando com todo carinho, dedicando a ele todo o seu viver...
Seque a sua vidinha, esperando pelo Elfo companheiro
Que um dia há de vir, e com ela poderá compartilhar...


Paty Padilha

Marcadores:

6 Comentários:

  • MINHA LINDA GRANDE POETISA MARTA PERES!"A POESIA É ARTE!"
    Que lindo espaço!Quanta beleza,arte e amor!VOCÊ!A ESTRELA MAIOR DE RARA GRANDEZA!Adentrar nesse espaço é se encantar com a vida,com o amor...com um SHOW DE TALENTOS que vc faz brilhar nos olhos e na alma de quem fizer essa viagem maravilhoso,andar por lugares desconhecidos... através das poesias e poemas...como se estivesse lá...nas asas da imaginação voar longe.Obrigada!Muito obrigada por me permitir estar entre grandes nomes.Parabéns pela sua garra em relação a vida...ao amor e ao SER HUMANO FANTÁSTICOQUE É VOCÊ NO MUNDO!Emocionada como sempre...minha alma agradece.Te adoro!Beijos meus!

    Por Blogger Marisa, às 1 de outubro de 2009 12:10  

  • MEUS LINDOS POETAS E POETISAS QUE ABRILHANTARAM O ESPAÇO "A POESIA É ARTE!"MEUS SINCEROS PARABÉNS POR TAMANHA BELEZA!BEIJOS NO CORAÇÃO!

    OBRIGADA MINHA LINDA MARTA PERES!
    BEIJOS NA ALMA!

    Por Blogger Marisa, às 1 de outubro de 2009 12:13  

  • Marta,
    Estou muito feliz de mais uma vez estar entre grandezs nomes,meus sinceros agradecimentos.

    Beijos no Cuore,

    Joe Luigi

    Por Blogger Joe, às 1 de outubro de 2009 14:47  

  • Marta...sinto-me até grande em meio a esses maravilhosos/enormes poetas:Marta Peres,Joe Luigi,Paty Padilha,Catarino Salvador...entre tantos outros.Amo esse espaço tão nosso...e sempre que posso,dou uma espiadinha aqui.Sinto-me em casa com você.Bjo...

    Por Blogger Rosy Simplesmente, às 1 de outubro de 2009 15:59  

  • GRANDE ABRAÇO MARTA, GRATO POR ME CONCEDER MAIS UMA VEZ ESPAÇO, NESTA COLUNA MARAVILHOSA!
    QUE AS PESSOAS POSSAM TER SEMPRE, AMORES, FLORES, E POESIAS EM SUAS VIDAS.
    PARABENS A POETAS E POETISAS, QUE DIVIDEM ESTA ALEGRIA, VIVENDO O COLORIDO QUE A VIDA É.
    GRATO MAIS UMA VEZ... ABRAÇOS...
    CATARINO.

    Por Blogger catarino, às 2 de outubro de 2009 05:52  

  • Obrigada Poetisa Marta Peres !

    Seu carinho me enche o
    coração de alegria .

    Parabéns a todos os poetas !
    Os textos são lindos.

    Beijos e flores !
    Lete Dias

    Por Blogger Delícia, às 19 de outubro de 2009 10:04  

Postar um comentário

<< Home