.

domingo, 27 de setembro de 2009

Ainda Resta a Poesia!







ENTRE LINHAS.

Eu escrevo na linha,
Mas o que eu gosto,é
O que leio nas entrelinhas

Essa, foge do bico da pena.
Preenchendo o que na linha
Não consigo escrever!

*Zia Marinho
Rio de Janeiro

O ARCO-ÍRIS

Já não há estrelas em meus olhos.
O céu cansou-se de esperar pelo nosso encontro
e então dormiu.
Foram longas noites de vigília,
com o coração alagado de esperança,
desejoso de colher a música do silêncio
e o seu afeto afinado na alegria do amanhecer.
Mas os amores que amealhei foram frágeis.
Não resistiram ao clamor do tempo
nem ousaram se despir depois do baile
pra cantar com as madrugadas.
Só minha alma plantou sonhos na varanda,
regou com lágrimas as partidas e os desencontros
e tentou ser, por um instante,
o seu arco-íris depois da chuva.

Basilina Pereira



Serena

A mulher serena, agora audaciosa,
como a pressentir a minha chegada,
companheira, a cúmplice tão preciosa,
torna-se chama, volúpia e desejada.

Essa presença, sempre aguardada,
traz, junto, momentos de muito afeto;
por instantes, simulando acanhada,
nos doces carinhos, o gosto predileto.

Vestindo-se da mais pura ousadia,
transforma-se numa mulher obscena;
pela audácia, quebra a sua algema...

Renasce, diante dela, a roda da vida,
às avessas, mas, por mais nada abatida,
não deixando de ser, a mulher serena...

Oswaldo Genofre

Sol de amor...



Aquece a sensibilidade
Que me invade e choro;
Estou frágil...
Desmoronada...
Seus raios me abraçam,
Tão doce aconchego,
Esse carinho me faz sonhar,
Que magia no seu olhar,
Continuo a sonhar
Com amor quente, ardente
A me iluminar;
Ainda sensível
Na insensibilidade da dor;
Sonhos livres
Sol de amor
Liberdade de ser e esperar
O meu amor
Que vai chegar.



Marisa de Medeiros



JÁ É DOMINGO...

Vem... segura a minha mão... já é domingo!
O sino tange, nos convida a uma oração.
Saibamos agradecer, neste momento lindo,
O que tocou e deu vida ao nosso coração.

As tuas mãos, que trabalharam ou afagaram,
Coloca em posição de prece comovida.
Fecha teus olhos que tudo apreciaram,
Faça uma contrição, agradecendo à vida!

Vamos sentir tão radioso, mais um dia!
Elevar a alma, transportá-la além...
Nunca esquecer, daquele que nos guia.

Que a boca que beija saiba dizer também:
“Obrigada, Senhor! Sem Ti o que eu faria?
Pai Nosso que estais no céu, amém!”

Mirian Warttusch




Poema para você!

Se você prometer me amar .
Eu colherei todas as flores dos jardins
buscarei brilhantes estrelas no infinito
farei delas uma tiara, enfeitarei teus cabelos
Só para eu te ver feliz!

Olharei em seus olhos lindos,brilhantes
te direi que:
Em minhas mãos tomarei a tua vida
viverei teus desamores,angustias ...
Só para eu te ver feliz!

Eu mudarei o rumo do tempo
serei seus sonhos lindos,coloridos
farei poemas falando do meu amor,
Só para eu te fazer feliz!

Em meus poemas,
eu diria da beleza que é ter você!
Num abraço apertado, gostoso
olharia em teus olhos e diria,
Amor, eu amo amar você!

(Joe Luigi)


Temos que nos permitir no mínimo sentir, pulsar, mostrar que sentimos, pra que valha a pena vivermos. Sentir a plena intensidade da dor, da respiração, da paixão, do amor, do ardor, do tesão de estarmos plenos de luz. Recebermos a vida de peito aberto, como quem recebe o sopro de Deus, escancarados para todas as suas manifestações, e seremos fortes, seguros, íntegros, serenos, felizes... E mais, muito mais humanos

Mara Araujo


Uma canção de Amor!

Como vou viver assim
Como vou viver...
Sem ter e mim
O teu Amor?...
Amanhece mais um dia...
E, está dor, está melancolia
Mais uma vez me toca
Oh Meu Amor!
Mais uma vez sufoca
O meu coração
Está paixão
Dos meus pensamentos
Que vagueia aos ventos...
Pra te encontrar, pra te amar!...
Poderei eu, viver assim
De ilusão, sem ter em mim
O teu Amor?...
Por querer acontecer
Eu só penso em você...
Eu só penso naquele dia
Em que os olhos meus
Miraram os olhos teus
Com tanta harmonia...
Oh meu Amor!
Dia e noite te querendo
Dia e noite vou vivendo
Enfrentando o vento
Pra te encontrar!...
Vem, vem viver em mim
Vem tirar o fim...
Desta agonia, desta dor
Que ninguém vê
Que tanto sinto por você
Oh meu Amor, por te Amar!

(Poeta- Dolandmay)


DEUS DO CÉU TUDO VIA

A magia inspirava profundamente
Com os pés descalço na areia quente.
Desenha com traço firme um coração;
Saltitava estrela movida pela emoção!

A areia deslizava de leve
Um encanto breve.
Um bem estar se apoderou.
E a felicidade se instalou.

Surgiu como o vento
Suave e querido momento.
Estava tão entusiasmada.
Com a brisa a face era tocada!

Efêmero sabia que não era
Estava sentindo na alma a primavera.
Com fé e esperança sentia fulgor;
Palpitava a chama viva do amor!

O amor estava em todos os cantos
O mundo coberto com precioso manto.
Era de veludo quente e macio protegia.
Deus que do céu tudo via!

Hortência Lopes





PODER...SENTIR...TER...


Poder contemplar o teu perfil;
ver os fios dos teus cabelos em desalinho
é vibrar com a sensação de paz que me invade,
é serenidade que se transpõe ao meu caminho...

Sentir tua presença, ao meu lado,
é tônico que fortifica a matéria,
bálsamo que ameniza a dor d`alma ,
é "vida" e vontade de viver!...

Ter a certeza deste amor que me anima,
que me faz crer que tudo de belo predomina,
é conhecer a felicidade plena,
que este imenso sentimento descortina.

REGINA AZENHA
Do Livro Fragmentos & Mutações-1997

SERÁ AMOR...


Sinto-te
Exerce sobre mim um fascínio
Como mulher carente
Sou capaz de criar uma projeção
Que tu possas suprir o que de fato necessito
Quanta ilusão
Confusão
Um relacionamento a se esgarçar
Sem me saciar
Busco-te continuamente
Numa ânsia frequente
Sugo-te
Sorvo
E o amor
Não é um relacionamento leve
E livre
Poderá de fato existir
Onde não há respeito no que tu és sem mim
Louca obsessão
Nunca viveremos a verdadeira troca
No que a vivência de um amor comporta

CONCEIÇÃO PEARCE



CHEGADA DO AMOR

quando o amor acontece,
aparece sorrateiro,
com uma chuva parece;
suave ou inclemente.
invade todos espaços,
ocupa tempo, mente,
traça planos,
se avoluma,
dois insanos,
uma pluma
solta ao vento.
uma nau a deriva,
carinho eu invento,
emociona, motiva.
versos brotam naturalmente.
flores crescem no jardim da fantasia.
sentimento que se aprofunda,
ocupa poros, cômodos, porões.
altera o clima,
transforma o humor,
faz realidade, ilusões.
dá vida aos sonhos,
cor ás palavras,
escreve nome com as nuvens,
no corpo da árvore abrangente.
risca muros com frases bobas,
mas é tão bom...
nos fazer criança,
renovada esperança,
selada por beijos afoitos.
quando o amor chega,
nada chega,
de tudo se quer mais;
fogos de artifícios
explodem na linha do trem.
doce ofício,
ser
e
ter
um bem!...[gustavo drummond]


MAJESTOSAMENTE

O pintor arrebenta em cor.

Majestosamente...
como inspiração que nasce no costume da manhã
acordando paixões dormentes.

Rabiscos tomam forma
na tinta que se espalha....no coração que se abre
como o misterioso silêncio
que nada fala e tudo diz.

Palavras escorrem da boca e derramam-se nas mãos
traçando seus loucos pensamentos
na cor suprema de todos os horizontes.

Mistérios matizes e misturas percorrem suas veias.
Pintando com sangue...com suor...
com graça e emoção.

Orvalha a tinta
e pousa o pincel obstinado
esboçando divinamente imagens perfeitas de um clarão.

Numa exuberante beleza que não nos cabe aos olhos.

Rosy Moreira



Soneto das Questões

Edifico sentimento em dunas,
Onde o vento passa e leva tudo!
O meu mundo sai voando feito plumas...
Será destino do poeta dito vagabundo?

Não quero que me ame, basta entender
Que não tenho um canto para ficar,
Muito menos para cantar! Quero compreender!
Será que poemas terei que sacrificar?

Parar de versejar para ser amado?
Ser versos ou não ser, eis a questão:
Serei eu ser amado ou ser julgado?

Ao ler o que lhe toca, entenda quem tocou,
Não desligue a vitrola, sinta a canção!
Não é o poeta que lhe quer, é o Homem que cantou!


Pergentino Júnior




Medo

Ah! Como é bom querer!!
Um olhar penetrante, brilhante
Não aquele olhar ligeiro,vulgar
Pegar nas mãos, suadas, trêmulas
Tocar sem preocupação
Abraçar apertado,com saudades
Beijos quentes, molhados
Nada de pressa,tudo demorado
Carinhos que arrepiam
Ah!Como é bom sentir o amor.
As vezes dá até medo!
[Geninha]



*MINAS e MINEIROS*
.........................
Louvai a luta dos mineiros
que garimpam sonhos
e incrustam riquezas nessas catedrais...

Cantai a sua fé divina aos tons dos réquiens
tocados pela luz que vem dos castiçais...

Saudai a memória dos homens
que portas ergueram nas matas
e assim no útero da terra
fecundaram vilas, guetos e cidades...

Brindai aos nossos ancestrais que
tingiram abóbadas com sangue
e das minas de si fizeram um altar
na história das Minas Gerais.
(repetir)...

Marçal Filho/Marcos Gacê/Miriã Fonseca/Luiz Bira.



“Eis a primavera”


A beleza da primavera
traz consigo o renovar,
o perfume dos amores,
do romantismo,
do fascínio.

A importância das flores,
-com seus aromas e cores-
renovam vidas,
promove o encontro com a nova estação,
favorece aos grandes sonhos,
ao colorido da alma,
que feito pétalas das flores,
dão significados às nossas emoções!


©KêniaBastos




A Grandeza do Mar

Observo no mar a sua grandeza
E também sua mística beleza
Dando-me a lição de humildade.
Recebendo os rios com dignidade.

As estrelas em suas águas brilham
No violão os mais belos sons vibram
Canções de amor dos enamorados
Sob a luz do luar abraçados.

No balanço das ondas do mar
Sinto-me como criança a brincar
Nas mãos um barquinho de papel
Desenho na areia belo painel.

Na imaginação crio meus castelos
Onde moram meus sonhos singelos
Beijados pelas brancas espumas
Envolvendo-me em suaves brumas.

Neneca Barbosa


REFLETIR

Eu preciso refletir
sobre o que sua palavra não diz,
navegar nesse mar de ilusões,
atravessar vírgulas, pontos, reticências ... e descobrir
a realidade das intenções;
Alinhavar as idéias, costurar uma frase solta,
desatar o verbo, revirar seu coração,
e retirar do íntimo essa nuvem envolta;
Eu preciso refletir
sobre o que sua palavra não diz,
ouvir a fala d'alma
tatear as paredes de seu coração,
e depois definir
se és ou não
mais uma ilusão
das muitas que em mim
já fizeram verão.

Andrade Jorge



PRIMAVERA BENDITA

Meus olhos abrem-se
como amplas janelas para o lado do sol...
acordando em mim um cheiro novo de terra
evidenciando vida.

Deus...
Jardineiro Bendito
fertiliza o chão semeia as sementes
rega os canteiros.
E do útero da terra brotam raízes.

Tremem-se os ramos
tramam-se os rumos
os pés ganham chão
do tamanho da esperança.

Nesse momento sei-me pequena diante de Deus.

Perco as palavras
porque primavera não se resume
não cabe na letra.
É casa teto e porão abertos.

Tudo aquilo que mistura bendita pode trazer.
Inexplicável
quando põe suas cores pra fora do chão.

Rosy Moreira



Primavera II,
Poeta Cigano

A manhã despertou linda e colorida,
O céu mais azul e, engalanado, o mar,
Florestas e campos com mais vidas,
Beleza única, esplendorosa, sem par!

Flores altivas e garbosas a perfumar,
Do alto de suas ramas floridas,
A mãe natureza e, a todos embriagar,
Oh! Minha estação bela e querida!

Nos céus, pássaros e borboletas a desfilarem,
A brisa, com suas sinfonias, a cantar,
E águas dos riachos, orgulhosas, bailarem!

É um mundo novo de doce quimera,
De sonhos e poesias a descortinar,
O nascer apoteótico da Primavera!!!!!!!!!!!!!!!!


REPLANTAR
.
O nosso verde estava tão lindo...
E o destino resolveu nos desabrigar.
Meu coração sofreu e continua a sofrer.
O seu... não para de reclamar.
A saudade não nos deixa viver,
Já é tempo de arar e semear...
Vamos voltar ao nosso aconchego,
Replantar e novamente nos amar...
.
Minh'alma chora de saudade...
Dos carinhos teus,
Tuas mãos macias,
Passeando pelo meu jardim,
Verde e florido...
Quero ser regada,
Com tua água cristalina:
Esse amor que brota do teu coração,
Transformando o deserto da solidão
Em eterna alegria...
Desabrochando em minh'alma
A mais pura fantasia...
Que me faz completamente tua...
Que te faz intensamente meu!
.
Vamos replantar o amor,
Reconstruir nosso lar,
Para que o destino
Nunca mais, possa nos desabrigar.
.
E que as raízes desse amor
Sejam tão profundas,
Que se perpetue:
Por toda a vida!!!
.
Esther Gonçalves em DUETO com Amaro Pereira.


SONHOS

Perdida estou, andando cega...
longe de ti os caminhos são incertos;
noites escuras e silenciosas...
buscando sonhos sem ter sorte certa.

Destino traçado... estreito e forte...
sombra obscura que brilha em mim;
feito um clarão que acorda o dia...
dentro da penúmbra tênue esvaecida.

Visão repetida de um sonho...
que na minha vida um dia entrou;
desde então aprendi que sonhos sâo visôes
de um desejo interno e que nunca se realizou.

Subitamente renego o tempo que navego...
retornando a vida plena e bela..
que um dia sonhei prá mim...
até que descobri que nessa outra vida
ninguém pode entrar e sangrar por mim.

Há um olhar que vê o que se pensa
há os meus olhos que cerram ao te ver;
há o desejo que de mim se estende...
há na minha vida o sonho de você.

MÁRCIA ROCHA

Marcadores:

8 Comentários:

  • Marta,querida amiga e poeta.
    Agradeço o carinho e fico muito feliz por ver um dos meus poemas aqui publicado.
    Somente uma pessoa tão generosa como vc. para proporcionar essa alegria aos amigos.
    Beijos
    Regina Azenha

    Por Blogger Regina Azenha, às 27 de setembro de 2009 17:02  

  • REPLANTAR - DUETO DE ESTHER GONÇALVES E AMARO PEREIRA...
    REALMENTE FICOU MARAVILHOSO!!!
    OBRIGADA, MARTA, POR TER PUBLICADO AQUI, NO JORNAL O REBATE! BEIJOS!

    Por Blogger Poetisa Esther Gonçalves, às 27 de setembro de 2009 17:55  

  • QUERIDA E NOBRE POETISA MARTA PERES; ESTOU FELIZ POR ESTAR NO SEU BELO JORNAL!É UM IMENSO PRAZER!! OBRIGADA DE CORAÇÂO POR
    SER ESSA PESSOA ESPECIAL!
    VOCÊ É DE UMA GENEROSIDADE ENORME!!
    QUE DEUS TE ABENÇOE E TE RECOMPENSE
    POR SER GENTIL E ENCANTADORA!!
    ABRAÇO CARINHOSO!!

    Por Blogger hortencialopes, às 27 de setembro de 2009 19:47  

  • MINHA LINDA GRANDE POETISA AMIGA MARTA PERES!Obrigada!Muito obrigada!"AINDA RESTA A POESIA!"Que lindo espaço!Hoje estou deveras emocionada e viajar com tantos talentos nesse Cantinho Mágico...aflora os sentimentos mais lindos que possam existir...bem,sentimentos de amor,emoção,gratidão,amizade e uma grande admiração por um SER HUMANO GIGANTE COMO É VOCÊ...que lindamente proporciona alegria e felicidade pela divulgação de tanta gente que vc faz acontecer...com grandeza e pureza da alma! Você é poesia!Meu coração agradece esse carinho e te diz:AMO MUITO VOCÊ!OBRIGADA!BEIJOS NA ALMA!

    Por Blogger Marisa, às 28 de setembro de 2009 11:15  

  • PARABÉNS AOS POETAS E POETISAS QUE BRILHANTEMENTE ENCANTARAM ESSE CANTINHO TÃO NOSSO!QUE MARAVILHA "AINDA RESTA A POESIA!"E BRILHA MUITO!BEIJOS MEUS A TODOS!

    Por Blogger Marisa, às 28 de setembro de 2009 11:17  

  • Graça e paz!

    Realmente, é uma felicidade marcante deparar com tantas preciosidades poéticas.

    Simplesmente, de uma forma rara e maravilhosa, Marta, com sabedoria, tem a felicidade de registrar composições do mais alto nível poético. O que engrandece ainda mais o Jornal O Rebate.

    É maravilhoso ter nossa poesia publicada, mas como é gratificante termos o privilégio de apreciar canções poétcias de tantas e tantas celebridades.

    Sou grato ao Senhor Deus pela vida de Marta Peres, a qual com simplicidade e profunda graça; tem feito deste meio de comunicação alavanca gloriosa da poesia.

    Parabéns! Deus seja louvado!

    José Bonifácio

    Por Blogger josebonifacio, às 28 de setembro de 2009 21:39  

  • Querida Marta!
    Mais uma vez agradeço sua generosidade, em publicar em sua página um poema meu.Ela é um verdadeiro jardim. Cada poema é uma pétala de rosa. Parabéns amiga!
    Beijos!

    Por Blogger Neneca Barbosa - Um ser humano em evolução!, às 29 de setembro de 2009 14:42  

  • Minha querida amiga Marta!
    Sempre é com alegria que venho ao seu tão delicado e lindo jornal.
    Mais feliz ainda é participar dele.
    Amiga, sua generosidade é comovente.
    Sempre disposta a ajudar iniciantes como eu.
    A paginação está linda e agradeço de coração sua amizade e carinho.
    Beijos amada!
    Márcia Rocha

    Por Blogger Márcia Poemas, às 1 de outubro de 2009 08:07  

Postar um comentário

<< Home