.

terça-feira, 7 de abril de 2009

Chove


Chove

Chove. A tarde está triste.
O crepúsculo vem caindo
sombras descem...choro.
Chuvas me deixam triste.

Pessoas passam pela rua,
vestimentas pesadas,
cai chuva fina na tarde muda,
deixa nostalgia no ar!

Não há beleza dento da escuridão.
Nem todas as pessoas que vejo
pela rua têm brilho, são tristes
como a chuva que cai, como a sombra

que desce, não há beleza saindo
de dentro para fora. São mudas
e nostálgicas. A chuva aguça as saudades
mortificando a alma e a solidão machuca

lentamente, provoca lágrimas salgadas
que descem na boca, deixando tristeza
sufocar o coração ainda apaixonado.

Marta Peres

1 Comentários:

  • Querida poetisa Marta Peres.
    O poema "chove" nos faz lembrar que a chuva muitas vezes aumenta a saudades e solidão.O seu texto é
    significativo e relata que quando
    Chove ficamos mais sensíveis e a solidão dói.Parabéns querida amiga!
    Feliz Páscoa!
    Que Deus a abençoe sempre!
    Beijos!

    Por Blogger hortencialopes, às 11 de abril de 2009 15:00  

Postar um comentário

<< Home