.

quinta-feira, 18 de setembro de 2008

Série Novos Talentos!



Maria Bonfá, é o nome desta linda mulher que vem despontando no meio poético.
Com seu carinho e amizade já conquistou aos que estão ao seu redor.
Maria é poesia que salta do coração, leve, calma, porém com grande personalidade.
Maria Bonfá, vem deixando marcas por onde passa.





Maria Bonfá

Nascida em 27/06/1960,reside na Cidade de Jaboticabal/SP,Divorciada,mãe de 2 filhas.
Apaixonada por poesias desde criança, hoje traduz em seus escritos a beleza e candura
De momentos vividos, gravados com amor no coração!Seja a infância saudosa ou mesmo
O primeiro amor inesquecível. Maria Bonfá,além de dominar a bela arte da poesia também
Retrata suas emoções em telas coloridas que expressam fascinante sensibilidade.

Por Toda Vida


Manhã de domingo.
Preguiçosa, indolente.
Dia que demora a passar
Em que as lembranças mais machucam...

Brincadeiras, almoço em família
Tantas coisas para recordar,
Pensei que ia ser por toda vida
Mas o destino é irônico e cruel.
Nos separa de quem mais amamos...

Hoje vivo na saudade
De um amor que se foi
E que não volta mais.
Sinto um cansaço enorme
De lutar contra as lembranças
Que teimam em ficar.

Vou fechar meus olhos.
Dormir... Quero esquecer.
Apagar tudo de minha mente...
Mas você continua aqui,
Tão real! Choro sua ausência
E a falta que você me faz.

Era para ser por toda vida
Porque acabou?

Maria Bonfá
24/08/08



MAR

Adoro o mar. Com suas águas
Tranqüilas, ou revoltas.
Mas que trazem tantas recordações
Vontade de brincar, ser criança novamente
Fazer castelos de areia.
E desejando ser a princesa que ira nele habitar
Mar dos sonhos e do pôr-do-sol deslumbrante
Onde o tempo parece parar
Para que eu possa admirar
Toda sua plenitude
Toda sua beleza!
Quantos sonhos desenho
Ao caminhar pulando ondas
Com pés descalços
Para sentir a aspereza da areia
E as espumas das águas
E começo a dançar o balé das ondas
Fico ansiosa, você já vai chegar
Um lugar perfeito para terminar o dia.
Nos seus braços, admirando o mar

Maria Bonfá
19/08/08/




Para sempre...

Acordo, mais um dia
Sem você
Como dói em mim
Essa sua ausência
Sinto sua falta...

Preciso te ver.
Ouvir tua voz...
Você era para mim meu sol
Mesmo em dia de chuva,
Meu sorriso mesmo no
Meio de lágrimas...

Você se foi.
Partiu para novos amores,
Fiquei tão perdida de mim...
Esse vazio que sinto
Machuca meu coração...

O tempo ameniza, abranda a dor
Mas fica a saudade e
Esse amor que só aumenta
Porque sei que ele
É eterno e vou levá-lo comigo
Sempre em meu coração!...

Maria Bonfá
07/09/08




Angústia...

Noite... Escuridão...
Angústia que chega.
Medo e solidão...

Ansiedade e aflição
De não ter com quem dividir
Alegria e preocupação...

De não ter um ombro
Para recostar, nem
Sentir um carinho
Ou um beijo de tirar
A respiração...

Sou um náufrago de uma
Tempestade de
Sentimentos e recordações...

Quero voltar
A sentir alegria,
Sentir amor pela vida e
Ter a felicidade
No coração...

Maria Bonfá



Doces Lembranças

Doces lembranças me trazem meu
Primeiro amor...
A primeira vez que o vi
Meu coração disparou
Fiquei ruborizada e trêmula,
Não sabia onde colocar as mãos...
Fugi depressa envergonhada...
Mas que delicia foi “flertar”...
Olhares trocados,sorrisos,acenos de mão.

Chegou o primeiro encontro,
Eu estava paralisada
De tanta emoção...Quando ele pegou
Em minha mão senti como se tivesse
Levado um choque
Tamanha foi a sensação de prazer...

Eu apenas sorria sem
Conseguir emitir um único som.
Falar para que?
Eu estava com ele,
Sua mão na minha mão,
Era tudo tão doce,tão terno
Amor brotando com força,
Desejando o beijo que veio devagar
Com carinho e doçura,
Fazendo-me sentir que o céu era ali...

Eu querendo que nada terminasse
Que aquele momento fosse eterno
Mas como todas as estações passam,
Assim também passou o meu amor...
Amei outras vezes,
Mas nunca mais senti
Aquele encanto e a
Ternura do primeiro amor!...

Maria Bonfá
04/09/08


Nunca imaginei...

Despertou-me para a vida.
Descobri-me uma nova mulher...
Percebo todos os perfumes
Que antes nem notava.
Todos meus sentidos
Aflorados...

Quando se aproxima de mim
Sinto-me tão viva!
Desperta para o amor...
Amo amar você.
Amo o momento
Em que me fazes tua e te faço meu
Uma união perfeita,
Onde duas almas
Se tornam uma só
Momento mágico e
Sublime do amor...

Maria Bonfá
30/08/08




OLHOS VERDES

Quando nos esbarramos
Teus olhos foi o que mais
Chamou-me a atenção...
Por mais que eu tentasse
Não conseguia desviar
O meu olhar do seu olhar.

Olhos verdes, lindos
Intensos Sedutores,
Deixaram-me sem ação
Senti que todos os meus sentidos
Ficaram aflorados
A espera de um gesto seu...

E um sorriso atrevido brotou de seus lábios
Sabia como eu me sentia.
Eu era toda desejo e paixão
Havia mergulhado nos seus olhos
E deles não queria mais sair...

Forcei-me a voltar à realidade
Virei às costas e saí.
Ficou para trás, aquele momento
Aquela ilusão. Aqueles olhos verdes
Que por um instante,
Deixou-me com o coração na mão!...

Maria Bonfá
27/08/08



A graça de viver!

Como é lindo o amanhecer
Depois de uma noite de chuva...
A natureza se veste de festa
Para saudar o dia que nasce,
Os pássaros felizes cantam seu bom dia e
As arvores balançam seus galhos
Agora brilhantes e limpas
Secando-se com o gostoso calor do sol...

O sol brincando de esconder
Por entre as flores
Tocam meu rosto
E começo a sorrir
Observando toda a grandeza
Do amor de Deus.

A vida desabrochando
Bem diante dos meus olhos
Estou viva! Amo e sou amada
Sorrio me espreguiço
Dou bom dia à vida
E vou depressa meu dia viver!...

(Maria Bonfá)
21/08/08



Sedução


Seduziste-me,Deixei-me seduzir...
Foste tão fascinante
Com seu jeito carinhoso
Sussurrando ao meu ouvido
Palavras bobas, sem sentido.

Não importava o que você dizia
Mas o leve assoprar no meu pescoço
Deixavam-me zonza e sem forças,
Pernas tremulas,
Coração disparado...

A delicadeza de suas mãos,
O suave roçar de seus dedos
Deixavam-me extasiada...
Desejava-te com loucura
Dei-me inteira, sem reservas
Sem pudor. Amei-te com paixão
Mas não fui suficiente
Eu não era mais desejada
Partiu. Foi em busca
De novos amores. Novas aventuras...

Deixou-me como se eu nunca tivesse
Feito parte de sua vida.
Todo aquele amor que dizia sentir
Havia acabado. Hoje estamos juntos
A solidão a dor que não passa e eu.

Maria Bonfá
21/08/08

12 Comentários:

  • Maravilhosa poeta!Maria Bonfá,que Deus lhe abençoe grandemente!Todo meu carinho,Cida Luz.

    Por Blogger Cida Luz, às 18 de setembro de 2008 15:43  

  • Marta, fiquei encantada com a poesia de Maria Bonfá, que eu ainda não conhecia. Em linguagem simples e clara ela vai revelando sentimentos,que sãocomuns a todo ser humano, mas vem revestido de seu viés poético,o que faz de cda um: ùnico e universal. È sempre um prazer visitar o jornal que você prepara com dedicaçãoe talento. E é sempre bom ver meus poemas entre tanta gente boa. Abraços.

    Por Blogger Basilina, às 18 de setembro de 2008 19:21  

  • Este comentário foi removido pelo autor.

    Por Blogger elena, às 19 de setembro de 2008 06:34  

  • Maria Bonfá,é com imensa alegria que parabenizo você pelas belas poesias e a pessoa que és.

    Deus te ilumine.

    Um beijo,Elena

    Por Blogger elena, às 19 de setembro de 2008 06:36  

  • Parabens Maria Bonfa!!!!
    Em se tratando das suas poesias
    so alguem tao especial como voce pode escrever tudo tao lindo, palavras que soam como musica, palavras que se encaixam em tantas verdades.
    Frases que nos fazem voltar o tempo, ir alem da imaginacao e sentir o coracao palpitar. Sei que colocas todo o seu amor em cada letra, que misturadas saem frases perfeitas e assim sao escrita as poesias, com o nome Maria Bonfa.
    Obrigada amiga por compartilhar essas joias comigo!!!!
    bjos em seu lindo coracao

    Por Blogger atitudes valem mais que palavras, às 19 de setembro de 2008 11:21  

  • Maria é uma pessoa incrivel,verdadeira,de uma sensibilidade impar,e passa isso atráves de suas poesias!
    Que Deus te conserve sempre assim!
    Receba meu carinho e admiração!
    Beijos!
    Edlene

    Por Blogger Kassandra, às 19 de setembro de 2008 13:18  

  • Querida Poetisa,lindas poesias,parabens !!!
    Marta Peres tem td um cuidado com nossos amigos poetas,grd sensibilidade na escolha dos belos poemas...vcs nos encantam sempre com tanto carinho....bjus poeticos

    Por Blogger Nolivia, às 19 de setembro de 2008 13:24  

  • "Se em cada estrada do mundo existissem pessoas como Maria Bonfa, o sol encontraria um motivo a mais para brilhar e a amizade um motivo justo e certo para existir."
    E "EU" tenho uma enorme honrra de ser amiga de uma Poetisa tão talentosa
    Que Deus abençõe VC amiga
    BJS

    Por Blogger , às 19 de setembro de 2008 13:38  

  • Bonfa seus poemas são lindos e magicos como é a força de um anjo vedadeiro!
    Elas são o mais puro sentimento da alma e do coração...
    Na vida muita coisa passa... lembranças ficam...
    Mas sempre aprendemos tbm atravéz da dor...
    Desejo muita felicidade a vc sempre...
    Fico muito emocionada e feliz de ter uma amiga tão talentosa, como você.

    Bjos Susan

    Por Blogger mamysu, às 19 de setembro de 2008 13:43  

  • Maria Bonfá minha poeta linda!!! Quero dizer que pessoas especiais como você
    tem em si a essência da amizade,
    para perfumar o mundo com amor verdadeiro.
    Suas poesia são lindas..showww
    PARABÉNS....
    Você é especial... TE ADOROOOOOOOO AMIGA DO MEU CORAÇÃO... BJS

    Por Blogger Mary, às 19 de setembro de 2008 20:15  

  • quero te agradecer Marta por seu carinho e sua generosidade..só uma pessoa de um coração enorme para fazer o que vc fez para mim.. obrigada..beijos..Maria Bonfá

    Por Blogger maria, às 21 de setembro de 2008 11:01  

  • Amei muito suas poesias
    sou uma apixonada por poesias

    Que Deus continue abençoando esse seu dom maravilhoso

    Um beijo Cristine

    Por Blogger ISADORA, às 4 de outubro de 2008 10:47  

Postar um comentário

<< Home