.

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Razões


Razões

Quis arrancar de dentro
de mim este amor, tirar
do coração e da cabeça;
coração ensangüentou,
senti tontear a cabeça
pelas lágrimas, choro feito
em pranto derramado!
Pensamento divagava,
mar de lágrimas banhando
o rosto, razões, quem as tem?
Não deixou falar o coração!
Minhas roseiras secaram
pela dor do abandono,
os pássaros tristonhos
não quiseram mais cantar,
meu céu perdeu o brilho
e estrelas se apagaram.
Naveguei mares, busquei
novos horizontes, nada conseguiu
arrancar de dentro de mim, o amor!

Marta Peres

1 Comentários:

  • BELA E HARMONIOSA,
    ÉS FLOR DA POESIA,
    NO JARDIM DO MUNDO

    DEUS ILUMINE DE CORES,
    SEU MUNDO PSIQUICO E
    FÍSICO,COM TODOS OS SONHOS,
    EXPRESSANDO SORRISO,

    SEU CORAÇÃO.

    BEIJOS... AFETO CLADINHA POETA 2009
    LONDRINA BRASIL

    Por Blogger Claudia, às 8 de fevereiro de 2009 08:02  

Postar um comentário

<< Home