.

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Riso de Maria


Riso de Maria

©Jenário de Fátima


Há cerca de dois mil anos somente,
Pelas terras hostis da Palestina,
Uma jovem senhora inda menina
Com ares de ternura tão presente,

Vivia quase que constantemente
(no que lhe reservou sagrada sina)
Por entre as grandes frestas da ravina,
Fugindo com seu filho inocente.

Mas se houvesse paz, que fosse um dia,
Bem mais que o vento forte nos sargaços,
Um outro som aos ares se estendia

E flutuava em todos os espaços:
Era o riso encantado de Maria
Vendo Jesus nos seus primeiros passos.

1 Comentários:

  • QUE LINDO!!! PARABÉNS AMIGO POETA JENÁRIO DE FÁTIMA!!!
    ME EMOCIONEI...E ME ENCANTEI...
    PARABÉNS A NOSSA AMIGA POETSA MARTA PERES, PELO BELISSIMO ESPAÇO AOS AMIGOS POETAS EM SUA COLUNA NESTE MARAVILHOSO JORNAL REBATE.
    KÁTIA CLAUDINO CAETANO PEREIRA.
    KÁTIA PÉROLA.
    BEIJOS... AO AMIGO POETA JENÁRIO .
    BEIJOS A VC QUERIDA MARTA.
    ENEQEAVCS.

    Por Blogger katia, às 4 de dezembro de 2008 08:07  

Postar um comentário

<< Home