.

segunda-feira, 29 de setembro de 2008

Poesias e Amigos!



Sofrimento em vão


O sol cumpre seu dia, e sé retira colorindo o céu.
A noite se aproxima trazendo o silencio e a escuridão.
O pranto não é passageiro, e cobre o rosto com seu véu.
Coração bate, mas não rebate em outro coração.
Dói na alma, e o corpo se encontra febril.
Amor não é impar... É soma e divisão.
Lentamente passa o tempo.
E o tempo não é suficiente para abafar a solidão.

Marilene
29/09/08


Eu, Você, Nós!


Você é o ar que respiro
Eu sou o teu respirar
Você é meu sorriso mais bonito
Eu, o teu motivo de sorrir e amar
Você, é minha estrela mais brilhante
Eu sou teu céu, para você brilhar...

Você é a razão de minha vida
Eu sou a vida para você amar
Você é o corpo que eu habito
Eu sou seu habitat natural
Você é a minha vida...

Eu só vivo, por viva você estar.
Eu te olho, sinto paixão...

Você me olha, é só ternura.
Eu sou teu Eu, e Você eu Sou.

Eu e você somos nós..
Dois corações em um só!

(Joe Luigi)



Amore Mio...


Durma, amore mio...

Deite me meus braços, durma ...

Durma, teu sono lindo

descanse o seu cansaço, velarei você!.

Faça de meus braços o seu travesseiro

de meu peito o teu aconchego.

Durma amore mio...

Te olharei, a noite inteira cuidarei de ti.

Gosto de te sentir criança

te cobrir de carinhos, mimar você.

Amo-te como a minha frágil menina,

adoro, ficar assim com você.

Amo, te proteger quando dormes assim.

É mágico, este contato físico

sinto amor e teu calor

amo te amar assim.

Durma amore mio...

Te despertarei com beijos

Você é a fonte de meus desejos

amo amar você!

( Joe Luigi )



Insolúvel

Se pudesse
Parar o tempo
Seria no instante
Que surgiu como vento

Se soubesse
Domar intento
Seria no mirante
Que avistei sentimento

Ah, se eu pudesse
O teu no meu olhar
Aprisionar naquele momento

Ah, se eu soubesse
Como te fazer eternizar
Além de aqui dentro

(Cris de Souza & Cáh Morandi)


"Sopro da vida"


Vi a mulher carregando
Uma barriga crescida
Eu vi a vida presente
Senti o sopro da vida

Eu vi o botão de rosa
Abrindo ao amanhecer
Senti o sopro da vida
Na flor que via nascer

Vi um velhinho sozinho
Pedindo a sua atenção
Senti que o sopro da vida
Se refaz com a emoção

Vi um poeta escrevendo
Sobre coisas lindas do céu
Senti o sopro da vida
Marcado naquele papel

Jane Rossi


UM PRESENTE

Guardo no meu coração o que você
me diz ,porque diz com carinho!
Você sempre diz o que pensa...
pois é sincera, tem no coração muito
amor e age sempre com a razão.
Pense sempre no que faz com
Com muita fé e confiança .
Faça o que você deve fazer com
muito amor e nunca perca a
esperança para que a paz e o amor
de Deus esteja sempre presente
em sua vida ,pois os que esperam
no Senhor renovam as suas forças
sobem com asas de águia e alcançam
altos vôos ,não se cansam, e alcançam
de Deus o perdão!

Sandra L.Stabile




"Conquista"!


de forma intensa
procuro viver no hoje
cada objetivo
de vida

inclui você
suas histórias
em minhas rimas

em cada verso
meu afeto lhe dei
a cada gesto
recebi reflexo
de você

e percebi de resto
um ser especial
raro bordado
de valor
e sentimento

não quero
em qualquer tempo
esquecer de
lhe dizer

nosso carinho
é um poema
- intenso, objetivo -
escrito com sabor
de outra vez.


Kênia Bastos


Poema de Amor



Vem comigo amor!
Irei contigo
às florestas densas
quantas belezas
nestas trilhas

Ao pôr-do-sol
quanto perfume
minha poesia é esplendor
luz... é alma
alegria!

À noite iremos
de mãos dadas
- a fantasia desvairada -
- a lua raio para os mares -
larga harmonia que
embalsama os ares!

Na madrugada vamos ouvir
o conversar das flores
fragrância meiga cores...

Na manhã cantam
os passarinhos
vago concerto da
saudade infinda!

Vem comigo amor e dá-me
um beijo doce terno
como se eu fora pura veiga
do jardim eterno!


celina vasques


PÓLEN-POESIA

Cultivo as palavras
Plantas raras
Em um jardim sem flores

Polinizo o mundo
Pólen-poesia
Em uma colméia vazia

Deixo a luz entrar
Lume vago
De um farol sem mar

Liberto os pássaros
Vôo cego
Em uma gaiola de ar

Coleciono búzios e conchas
Restos do oceano
Em um hoje deserto habitat

Alimento os sonhos
Inútil lida
Em um mundo que não sabe mais delirar...

(Gustavo Adonias)



Trago-te flores!


...E o vento sopra a flor,
não há espaços vazios,
não há espaços em dor,

é forte o calor que arde,
não há sombra no caminho,
é forte o calor da tarde,

mas vejo em cada flor,
alguns sorrisos vadios,
são sorrisos de amor,

palpita-me o coração,
já não caminho sozinho,
tenho flores em minhas mãos!



Santaroza


SONO PROFUNDO

Como um rei caolho e polpudo
empossado em seu trono de orgulho
com otimismo absurdo pelo nada
a dúvida da vida é sua concha!
a escuridão seu escudo...

Encapsulado na crosta do seu medo
de viver profunda e fluida mente
acreditando em quase tudo
destronado será cedo...
e ficará confuso... mudo.

Rejeita violentamente tudo aquilo
que não se enquadre em seus conceitos
tranca-se na masmorra do intelecto
fecha seu coração para si...
e mente e desmente.

Convencido que já sei... Já li a escritura
agasalha-se na sua ignorância e dorme
este sono profundo da inconsciência
inevitavelmente transformando
sua vida em ditadura...

Edgar Alejandro


É PRIMAVERA!

Hoje ao abrir as janelas, sorri...
Quaresmeiras rosas e lilases sorriam para mim
pareciam me darem um lindo bom dia e dizer:

- É primavera!

Vida florida, tempo de ser feliz.
Encantado vi a beleza das flores
um corredor florido feito pelas mãos de Deus.

É tempo de amor, de ofertar flores
demonstrar amores
ser, e fazer feliz...

Até o sol, timidamente apareceu
nada aqueceu...

Continua frio lá fora, mas meu coração
jardim de minha vida, está florido...
Extremamente feliz!

(Joe Luigi)



Amor de amar!


Não me pergunte o que seja...
Eu não saberia dizer,
Sinto quando me beija,
E ali poderia morrer.

Não me pergunte a cor...
Todas as que imaginar,
Mas sou daltônico no amor,
Só o vejo na cor do mar.

Alia, não me pergunte nada,
Saibas, és desejada,
Mantenha a fala calada,
Só sintas, que és amada!

E ao final entenderemos,
Banhados em nosso suor,
Que tudo o quanto temos,
Nada mais é que amor!


Santaroza


Confissões anônimas…

Então pensei já ter vivido todos os amores.
Mas não!...Grande surpresa me aguardava...
Depois de viver grandes perdas e dores,
percebi que mais uma vez me apaixonava.

Ah, que alegria sentir o amor tomando conta,
eu já havia me esquecido da leveza que ele traz,
do brilho nos olhos que diz tudo e encanta,
e de todas as quimeras que o amor é capaz...

Cheguei a pensar que não tinha mais idade,
para o amor e até para a própria felicidade...
Tola fui eu!...
Em me deixar guiar por pensamentos vãos,
Já que, quando amar quem decide é o coração.

E nessa fase adornada por tantas alegrias,
agradeço por ter chegado esse lindo dia,
em que eu mais uma vez fui agraciada pelo amor,
e encontrei você, meu poeta encantador...

(Valquíria Cordeiro)




Por Amar-te!

amo-te, como se ama um amanhecer.
que se deslumbra com os raios solares,
e, maliciosamente faz a alma renascer,
retribuindo com brilho em meus olhos.

amo-te, como a mesma ansiedade que,
as borboletas visitam os jardins floridos,
que se vestem de flores, e cores num leque,
imitando um arco íris, com seu intenso colorido.

amo-te, com a doçura que somente as flores.
possuem, fazendo com que beija flores a,
visitem em busca desse néctar, de valores.
indiscutíveis pra natureza que se aflora.

amo-te por amar-te, num tempo que passou,
deixando suas marcas, em nossas caminhadas,
entoando uma canção de almas desencontradas,
trazendo num buquê as esperanças do que restou!

Sandra Almeida

Eu Te Amo

O versejar suave
de meu beijo
acaricia sua boca
dizendo Eu te amo...


Inquieto você ouve
de meus lábios
as palavras mudas
que minha alma
apaixonada recita


Doce poesia
inebria teus sentidos
encanta de amor
seu coração
(Van Albuquerque)
29/08/09


Meio século

Não sei contar minha existência em dias
ou noites
sei dize-la em momentos

daqueles que vivi na dor ou no amor
destes que acumulo sorrisos ou lágrimas
nestes que acusei o fim ou início
aqueles por quais acreditei,sonhei,amei

sei contar minha vida pelas palavras
doces ou amargas
desejos eternos ou perenes
vontades profundas ou rasas

sei dizer em poesias minha estadia
em prosa quando transito em sonhos
em versos quando de amigos
recebo a energia de mais vida
pra ser vivida com amor
puro ,leal e verdadeiro.

Dos poemas degusto a prosperidade
das manhas a primaveras úmidas
das tardes a centelha do por do sol
das noites a guarida da amizade.

Neguinha Mucelli


DONA DOS MEUS SONHOS.





Ainda sinto o perfume da flor do campo vermelha

colhida numa tarde ensolarada e só nossa

que sorrindo feliz, você me ofertou...


Beijei-a e guardei a flor entre as páginas

de um livro até hoje inacabado

que por amor a você, eu parei de ler!


Está amarelado pelo tempo

totalmente esquecido sobre um móvel qualquer

eu nem quis mais saber o final

talvez um dia lerei...


Você é tão apaixonante e envolvente

para estar ao teu lado, deixei de tudo

neste momento, só quero estar com você

és tão mulher e tão menina e isto me fascina...


Tu és adoravelmente sapeca

cada minuto com você é fascinante, uma doce aventura

você é tudo que em meus sonhos eu vivi...

Estou feliz, dona dos sonhos meus

Eu te amo, eternamente te amarei!

(Joe Luigi)



NO GRITO DE MEU SILÊNCIO... EU TE AMO!



No grito de meu silêncio... Eu te amo!

Te amo com medo...

Eu já não acreditava mais no amor

Hoje, te amo desde os primeiros raios de sol

que nasce, doura e aquece cada amanhecer

No silêncio de meus gritos, eu te amo

me apavoro!

Tento entender como amar tanto assim

se não acreditava mais no amor

Eu te amo e tenho medo de
perde-la

quero amar-te hoje e para todo sempre

Teu amor é tudo que sempre sonhei para mim...

O que sinto é um amar de garoto, adolescente

amor de querer amar a cada momento

amor quente que queima e arde
junto com o fogo da paixão e ternura

mistura de todos os sentimentos amor, amor

Quando já não mais acreditava no amor

no silêncio de meus gritos te chamei

você me ouviu, está aqui

E eu amo como nunca ninguém amou!

(Joe Luigi)

14 Comentários:

  • Marta amiga querida!Fico feliz com seu carinho a postar trabalhos meus.E agradeço a frequência desse teu ato.
    Beijo amigo*

    Por Blogger Sandra Almeida, às 29 de setembro de 2008 11:22  

  • Marta,

    Meu coração, muito obrigada,
    por nos oferecer lindos poemas de nossos, Poetas e Poetisas.

    Amo Poesia e todo carinho que você me dedica.

    Não sou Poetisa.

    Sou Eterna Apaixonada Por POESIA

    Por Blogger kate_kate, às 29 de setembro de 2008 14:09  

  • Marta, te agradeço pela gentileza de postar meus poemas, adoraria conhece-la.
    Meus sinceros agradecimentos.
    Joe Luigi

    Por Blogger Joe, às 29 de setembro de 2008 14:21  

  • Querida Poeta!

    Há tempos este meio virtual propicia-me a análise de postura dos meus colegas do orkut. E esta sua ação merecia e merece realmente meu sincero comentário. Venho humildemente agradecer pela oportunidade de você postar e divulgar algumas das minhas palavras neste espaço. Sei que nos conhecemos por um generoso tempo, onde conceitos sobre seu o coração e profissionalismo eu dispenso comentários... Gostaria apenas de enfatizar uma coisa no âmbito profissional, existe muita gente que se propõe a ser profissional, mas o profissionalismo sério, aliado a uma postura solidária da qual você desempenha a tempos aos seus outros parceiros,realmente é uma raridade.
    Mas sinceramente nunca me achei digna de estar aqui, fazendo parte desta coluna. Não por desqualificar qualquer que seja minha obra/criação, mas falo pelo tempo que nos conhecemos. Você deve ter observado que procuro sempre agir discretamente e se possível creio que você nunca me viu inserida em um grupo que busca promoção do “NOME” a qualquer preço. No entanto é normal não me ver sendo divulgada em outros espaços da mídia. Não me vejo inserida em divulgações seja ela de qual segmento for, por que ainda não é esse meu principal objetivo. É muito raro ouvir falar de mim,ou de alguém que me divulga, busco aprendizados contínuos... E serei uma eterna perseguidora destes objetivos. Reconheço realmente que quem me propicia este momento de estar aqui deve cultivar algum bom motivo para tamanha generosidade. Porque as ações que recebo do "PAI" que amo, são conquistadas e nunca negociadas. E já que você com sua postura de pessoa sensível, achou de presentear-me com essa conquista - a de participar da sua renomada e qualitativa coluna - eu só tenho que lhe agradecer pela oportunidade única e usando as palavras sinceras do meu coração, pedir a Deus que a abençoe por este ato que vejo com muita sensibilidade de alma.
    Tenha dias de muito sucesso e Paz!

    KêniaBastos
    Em:29/09/2008

    Por Blogger Kenia Bastos, às 29 de setembro de 2008 17:34  

  • Joe, meu poeta preferido, obrigada por tudo que nos oferece através dos seus lindos poemas.
    Palavras que nos envolvem numa nuance de carinho e ternura.
    A sua presença é indispensável e inigualável, querido amigo e irmãozinho amado.
    Carinho... Fá

    Por Blogger Fatima, às 29 de setembro de 2008 17:35  

  • Bom dia

    Marta fico feliz pelo espaço dedicado a poetas que admiro,e um deles é o Joe Luigi. Um poeta que observo falar de AMOR com muita transparência e ternura, deixando meu coração emocionado, pelo palpitar de suas palavras.
    Que a beleza dos poemas desse grande poeta que admiro esteja sempre presente em seu cantinho minha querida!
    E Joe continue nos encantando com seus poemas
    Beijos ternos na alma meu querido amigo!

    Por Blogger Adriana, às 29 de setembro de 2008 20:41  

  • Joe a beleza de sua poesia está não somente na
    emoção, mas também na forma como
    Você descreve o amor.
    Seus poemas transmitem
    tanta sensibilidade, que Você meu amigo, demonstra
    ser a própria expressão da ternura,
    do carinho e do colo, em sua poesia.
    É um privilégio tê-lo como amigo, e poder através de
    seus poemas viver emoções únicas.
    Deixo para vc meu carinho e minha admiração...
    Beijos em sua alma de Poeta!!!
    CIDA BARRÊTO

    Por Blogger CIDA BARRETO, às 29 de setembro de 2008 22:58  

  • JOE,
    Tudo que escreve é um sonho...
    Um sonhado, desejado ou vivido.

    Poemas de Amor...

    * Eu, Você, Nós!*

    * Amore Mio... *

    * É PRIMAVERA! *

    * DONA DOS MEUS SONHOS.*

    * NO GRITO DE MEU SILÊNCIO...
    EU TE AMO!

    Amigo Poeta, Você é só amor.
    Parabéns!
    Beijos!

    Por Blogger kate_kate, às 30 de setembro de 2008 13:39  

  • joe,

    VOCÊ É UM AMOR.
    CONHEÇO SEUS POEMAS,
    EXPRESSA O AMOR LINDAMENTE.
    PARABÉNS!

    Por Blogger Liza, às 30 de setembro de 2008 22:05  

  • JOE,
    AMO SEUS POEMAS,FICO FELIZ EM ESTAR AQUI.
    PARABÉNS!

    Por Blogger Liza, às 30 de setembro de 2008 22:08  

  • Joe Luigi,
    fiquei emocionada, ao encontrar seu poema aqui.
    São lindos, os vejo em páginas de amigas.
    Parabéns!

    Por Blogger Marcia, às 1 de outubro de 2008 09:10  

  • JOE,

    Poesia de amor, sempre encanta, escrito por você, com tanta sensíbilidade,é emocionante...
    Parabéns!

    Por Blogger Maria, às 1 de outubro de 2008 09:34  

  • Olá, Marta

    Seu espaço poético está muito belo, com lindas poesias e imagens primaveris. Parabéns !!!
    E muitíssimo obrigado por postar uma poesia minha.

    Bjs

    Por Blogger GustavoAdonias, às 1 de outubro de 2008 15:51  

  • Que recanto lindo Marta...
    Parabéns

    Por Blogger Marisa (anjopoesia), às 26 de outubro de 2008 10:24  

Postar um comentário

<< Home