.

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Natal



DESABAFO DE UM MENINO DE RUA

Papai Noel:
A conversa é entre nós dois.
Esperei demais
e não deixo pra depois,
pois você me enganou
o tempo inteiro!

Colocar na janela
o meu sapato?
Você esqueceu
um importante fato:
Nunca tive casa,
um lar verdadeiro!

Nasci como
o Menino Jesus
e na pobreza ainda
carrego minha cruz,
mas Nele ainda
encontro meu alento.

Tem ali
um presépio lindo,
deito pertinho,
recebo amor infindo,
não fico hoje,
na pracinha ao relento.

Papai Noel,
nunca mais vou lhe esperar,
a mim, você
não vai mais enganar
porque nunca
cumpriu o que prometeu.

Já o aniversariante do Natal,
vive me defendendo
de todo mal
“E VOCÊ NÃO GOSTA
DE MENINOS COMO EU!”

Arethuza Viana


Minha árvore de Natal

Minha árvore de Natal
Não tem bolas coloridas
Com o brilhante do metal
Nem lacinho de fitas

Não tem lâmpadas piscantes
Flocos de neve como pingentes
Pacotinhos de presentes
Penduricalhos como enfeites

A minha árvore de Natal
Ninguém pode ver
É a árvore que construí
Só eu posso sentir

Minha árvore de Natal
Está plantada no meu coração
Toda enfeitada pela magia
De um grande amor
E dos amigos da poesia

São amigos que conquistei
E fiz pelo caminho
Com a poesia que troquei
E o carinho que ganhei

São enfeites que guardei
E minha árvore decorei
São amigos e poetas
Que pela vida encontrei

Minha árvore de Natal
Não tem dia para armar
Ela vive sempre brilhante
No coração desse poeta
Enfeitado pelas lembranças
Que revivo a todo instante

Feliz Natal aos enfeites de minha árvore!
E obrigado pelo carinho de sua mensagem.

Jorge Luiz Vargas
Brasília – DF



Árvore de Natal

A minha árvore tem:
a cor da esperança
o sabor do perdão
o cheiro do amor

Adornei-a com lágrimas de alegrias,
luzes da magia eterna
de fazer o bem
sem olhar a quem

Mas é uma árvore simples
como a alma da natureza
sem luxo, nem pedrarias,
apenas traz o encanto
dos sinos de dezembro
que partem o silêncio
da indiferença escravizada

Abriga em sua paz,
um sorriso acolhedor,
as gotas de orvalho
do universo sem cor

Alcansa a luz,
cura insolentes angústias
busca o meu todo
em tudo,
une o homem a Deus!

Conceição Bentes


NATAL DE LEMBRANÇAS...
.
Como é gostoso esse clima de final de ano,
Tantas lembranças se faz em minha mente,
Quantos momentos bons - união em família,
O tempo, a distância não consegue apagar...
.
Meninas, meninos, família unida, nosso lar,
Papai, mamãe, irmãos, tios, avós, amigos,
Na mesa, uma oração - no coração, o amar,
Muitas bênção recebidas para compartilhar...
.
Natal de presentes mil e muitas lembranças,
Bonecas, carros, roupas, fartura de amor... E
O menino Jesus enchia-nos de esperanças!!!
.
Restaurava os corações com o Espírito Natalino,
Agradecíamos as bênçãos concedidas, fazíamos
Novas petições a Jesus - nosso Deus menino!
.
Esther Gonçalves

Feliz natal! A paz de Jesus irradia

Surge uma canção com voz acolhedora
As aves cantam são encantadoras.
Uma canção natalina, a paz de Jesus irradia.
Vem do alto da colina, é do natal lindo dia!


Abre a porta do coração
Ecoa e faz comemoração.
Toca na alma e no corpo.
É natal que lindo tempo!

É Jesus sorrindo
Dizendo sejam bem vindos.
O amor cristão está em evidência.
Proclame esse amor para a sua descendência!

Aplaude o menino Jesus inocente
Que te chama de forma contundente.
Venha trilhar no caminho de luz
Que ao amor de Cristo conduz!

É tempo de feliz união
O amor fraterno alça vôo na imensidão.
Vem dos olhos bondosos de Deus;
A paz e o amor entre os filhos seus.

Feliz natal em torno de cada família
Essa mensagem no coração, o amor de Jesus lia.
A estrela guia nasceu em Belém.
Ele te ama como ninguém!

Hortência Lopes



FELIZ NATAL

Medite na mensagem de natal
Com gratidão e um lindo amor fraternal.
Lembrando de Jesus na manjedoura.
E vivendo na sua presença salvadora.

Acredite no salvador
Tenha vitória e vive esse amor.
Que o espírito do natal seja absorvido.
E no coração de lugar para o cristo amigo.

Que a paz alcance destaque.
E na família de um toque.
É o maior desejo no universo atual.
O povo sofre, a paz de Jesus é fundamental.

Na terra e céu seu nome seja glorificado
Rei que pelo amor foi coroado.
Nasceu e trouxe as boas novas.
Com ele a vida renova!

Jesus é o começo meio e fim
Seu amor salva a ti e a mim.
Carregou dores e ais.
E não nos esquece jamais.

Feliz natal sociedade
Criança, adulto e mocidade.
Que o menino Jesus transforme o mundo.
E em cada coração seja glorificado.

Hortência Lopes




Cristo nasce
e ri, se comove.
chora, se encanta.
com o menino de rua,
com o aidético triste,
bailar da cheia lua.
com a paz que inexiste,
a voz que se cala,
o canto que ecoa,
a perdida bala,
o sino que soa
em Belém,Berlim,Bauru.
com falso amém,
a dor sem fim,
explicíto nú.
os sem-terra,
sem-destino,
sem-alma,sem-teto
solar.Seu sono
é a morada
dos mais belos sonhos.
do Seu sorriso
nasce o arco-íris,
a criança-esperança,
amor concreto.
nasceria mil vezes,
nasce a todo instante
dentro de nós.
pena que optamos
por estar sós.
distante...
dispersos...
beligerantes...
omissos...

gustavo drummond





“ Um pedido para Papai Noel ”

Querido Papai Noel,
Tenho um pedido para lhe fazer:
Que uma grande estrela brilhe no céu
Que nos faça revigorar, reviver
E que nos banhe de luz cintilante
Dando-nos sempre sabedoria para aprender
E que nos deixe mais confiante
Mais felizes, saudáveis e exuberantes

Querido Papai Noel,
Que o sorriso esteja sempre estampado
Que a vida tenha o gosto do mel
E que cada criança realize o seu sonho encantado
Que as flores desabrolhem exalando paz
Que a palavra de ordem seja: “Muito obrigado”
Combalindo essa sociedade voraz
Dê-me força e me faça sempre capaz

Querido Papai Noel,
Que a luz divina abrace a humanidade
E que fraqueje o ódio, o fel
Que a harmonia cresça com pujança
E que prevaleça o amor, a fraternidade
Trazendo-nos muita saúde e esperança
Desdobrando um laço de pura amizade
E que o futuro seja de repleta sinceridade

Sérgio Murilo


Deus Menino

Há um lugar
Escrito por uma única estrela,
Explodindo em harmonia,
Deixando em cada coração
Um Deus Menino moldado no amor!

No ar, a música dá o tom da jornada
Plantada por mudas casas,
A semente, a luz, a lágrima,
A palavra trazendo esperança,
Compaixão e a fé de um amanhecer
Mais perto do sonho!

Entre o céu e o mar
Há a terra do nunca
Pedindo passagem, querendo
Trazer de dentro para fora
O pão, o vinho, a ferida viva
Pulsando em vida na arte de amar!

Há em cada um
Um Deus Menino
Vendo-se em cada flor
Brotando do botão, em cada
Fase da lua que renasce e renasce,
Ensinando-nos a colher.
Basta acreditar!

Auber Fioravante Júnior
09/12/2009
Porto Alegre - RS




Brisa das Camélias

Enfim vieste
brisa das Camélias,
sinto teu perfume invadindo
meu lírico refúgio, alimentando
minha face pequena, deixando
minha lágrima falar por mim!

Diga lá brisa das Camélias,
o que te traz hoje até este
humilde cantinho das letras?

- Hoje, meu caro poeta,
te trago a palavra do Eremita
dentre os eremitas, pois a estrela
já anuncia o renascimento!

- Vamos, poeta, vamos
versejar em nome da paz e da fé
para os homens de boa vontade!

Vamos, Brisa das Camélias,
vamos levar este cântico de
paixão e amor pelos quatro ventos,
aos quatro cantos do mundo,
vamos nos doar em luz e cear
em nome da pomba lançando
por campos e cidadelas, não
só a palavra, mas ação de
viver em comunhão com
teu irmão!

- Vamos, meu caro poeta,
vamos sim, renovar a esperança,
transpondo em cada alma,
um novo natal,
um novo amor
em nossos corações!

Feliz Natal Brisa das Camélias!

Auber Fioravante Junior
16/12/2008
Porto Alegre - RS




Então é Natal

E o que você Fez?
O ano termina
E nasce outra vez
Então é Natal
A festa cristã
Do velho e do novo
Do amor como um todo
Então, bom Natal
E um Ano Novo também
Que seja feliz quem
Souber o que é o bem
E então é Natal
Pro enfermo e pro são
Pro rico e pro pobre
Num só coração
Então, bom Natal
Pro branco e pro negro
Amarelo e vermelho
Pra paz, afinal
Então, bom Natal
E um Ano Novo também
Que seja feliz quem
Souber o que é o bem
Então é Natal
E o que a gente fez?
O ano termina
E começa outra vez
Então é Natal
A festa cristã
Do velho e do novo
Do amor como um todo
Então, bom Natal
E um Ano Novo também
Que seja feliz quem
Souber o que é o bem


Dj@.Poet@/M@ri@.Poesi@s/Rh@y@nny.Poem@s....



Natal

Natal...Na minha cidade, ás vezes
chove, ás vezes não. Na minha
cidade nevar, não. Muitos ainda
conservam sentimentos passados.

Árvores são montadas, presépios
cuidadosamente instalados, ceia
preparada. No Natal me sinto só.
Envolvo-me no meu pensamento.

Toalha jogada sobre a mesa, motivo
natalino realça beleza, família reunida,
eu observo. Será que o rosto revela
cada coração? Pensamento profundo.

Todos se amam verdadeiramente?
Vislumbro uma paisagem cinza, chove.
O calor atordoa, estou só e saudades
apertam, de um lar que nunca foi meu!

Marta Peres

Marcadores:

1 Comentários:

  • Feliz Natal a voce Marta que adoro juntamnete aos seus familiares, com muita paz, amor e luz e mais uma vez, meus agradecimentos sinceros a sua ternura e crinho a india que te ama

    bjos

    Ceição

    Por Blogger Conceição, às 21 de dezembro de 2009 07:40  

Postar um comentário

<< Home