.

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Vozes do silêncio


Vozes do silêncio

O eco surdo do tempo
transpõe a fúria do vento
fincando esporas de dores
nas sombras que de mim
se apartaram

Lágrimas do silêncio
varrem de minha face
as infinitas luzes
das últimas estações

Madrugadas orvalhadas
espalham sonhos em arco-íris,
ressuscitando o sol da quietude
em cristal que se petrifica


Conceição Bentes

Marcadores:

3 Comentários:

  • Minha amada mineira das mais belas Minas que amo!
    O seu carinho a essa india, enche meu coração de emoção, felicidade e forças pra essa caminhada linda e árdua ao mesmo tempo, que é o da poesia.
    Agradeço a voce com a alma de joelhos por tudo e que Deus abençoe su vida sempre

    bjos

    Ceição Bentes

    Por Blogger Conceição, às 23 de novembro de 2009 15:02  

  • Quero parabenizar essa Imotal Poetisa Ceiça Bentes, pois, cada dia que se passa, mais e mais ela conquista uma Legião de Fãs com sua maneira belíssima de escrever.

    Conceição Bentes é sem sombra de dúvida um dos maiores presentes que a Poesia Contemporânea ganhou, seu texto inconfundível é tão raro quanto ela o é.

    Sou teu fã número um, se alguém por aqui se manisfestar dizendo ser o primeiro, teremos realmente que desfazer essa falácia e balela no tapa....kkkk

    Adoro você, que Deus continue iluminando essa sua linda alma, pois os reflexos que vem de ti, são suficientemente grandiosos e respingam nos amigos que passam a usufruir de teu brilho.

    Mil Beijos e desejo a você, tudo de melhor sempre!

    Do Amigo

    Marçal Filho
    Itabira MG.

    Por Blogger MARÇAL FILHO "Poesias e Outros", às 23 de novembro de 2009 16:48  

  • Minha linda grande Poetisa CONCEIÇÃO BENTES!Parabéns por "VOZES DO SILÊNCIO"!Reflexivo!Encantador!Lindo como tudo que vc escreve!Adoro te eler!Continue nos encantando!Beijos no coração!


    Parabéns minha linda MARTA PERES pelo brilho que vc tem e presenteia a todos.Beijos meus!

    Por Blogger Marisa, às 25 de novembro de 2009 12:38  

Postar um comentário

<< Home