.

sábado, 7 de novembro de 2009

Poeta Victtoria Rossini!




Lendo Victtoria

Lendo seus textos
quis lhe conhecer,
acertei em cheio
muito prazer...
Não sei a quanto tempo
e isto não importa,
cheguei,
bati na porta
com carinho atendeu,
recebeu,
sentiu o prazer
então quis fortalecer
laços de amizade...
pouco a pouco
fui lhe conhecendo,
palavras escritas,
sonhos soltos no ar,
imaginação a navegar...
Usando a mão. Coração,
Não.
caneta de qualquer cor
esmiúça pensamento...
lamento...
alegria...
afasta tormento
e o leitor,entenderá!

Marta Peres

Uma estrela da poesia dentro do jardim de poetas!




EU QUERO TE CONHECER
(Victtoria Rossini)
.
Oiee
Somos amigos há muito tempo?
Pouco tempo?
Não importa.
.
Só que olha, to de saco cheio rsrsr
E não é TPM, não é estresse, nada disso.
Só que eu queria conhecer você.
Não os sites, nem as comunidades que você freqüenta
Nem os textos maravilhosos que você viu na net.
.
Vou te convidar pra essa semana brincar comigo de outra coisa.
Ao invés de me mandar scrap, de bichinho, musica, florzinha e Cia.
Me fale de você!!
.
Não me importo com teu português
Quantos anos você tem
Se é gordo , magro, alisada, peluda,
Se é casado, gay, lésbica, chifrudo, to nem aí...
Mas quero conhecer VOCÊ que veio até mim pra ser meu amigo,
.
Me dê nem q seja um só um “oi”
“Vim te fazer um carinho”
“leia isso........(meu nome) que eu gostei, vê o que você acha.
Ahh e não precisa me retornar mensagem se não tiver afim
Sou adepta da liberdade total ;))
.
Porque estou aqui pra fazer amizades
Conhecer gente
Conhecer suas idéias,
Fazer companhia
Ajudar se necessário em algo...
Mas só estou conhecendo novos sites de mensagens
Gifs diferentes
Animações criativas
.
E você que está ai atrás do PC??
Quem é você?
Gosta do que?
Pensa o que?
Quer o que?
Precisa do que??
É com VOCÊ que eu quero conversar.
Quer usar fake, cara de bichinho, lua, estrela
Se você se identifica pra mim tudo bem...
Mas me deixe conhecer você, que esta aí dentro do teu corpo.
Teu coração, tua alma
Trás ela pra conversarmos.
.
Então vamos combinar:
Nem que seja por uma semana
FALE comigo e com teu amigos
Não quero CEP, peso, endereço rsrsr
Mas se mostre, pergunte, converse
Vamos ser amigos uns dos outros.
.
Vamos humanizar esse Orkut?
A net?
O mundo?
Sei que tem uma pessoa ai
Que sente, que pensa, que ri, que chora
Que tem precisa de uma palavra, de uma distração.
È essa pessoa que eu quero conhecer!!
.
Me fale de você.
Me pergunte também.
Mas fale POR VOCÊ.
Eu quero te conhecer!!
Muito prazer!
.......
Oi eu sou Vic...




FASES
(Victtoria Rossini)

Tem fases que a lua cheia
Incendeia meu coração

Tem fases que esse fogo
Entra em extinção

Tem fases que a maré
Me isola na solidão

Tem fases que o sonho
Cobre o mundo de ilusão

Tem fases que meus olhos
Ardem como um vulcão

Tem fases em que o frio
Dura mais que uma estação

Tudo depende...Se minha lua:
Se afasta de mim ou não





VOLTE PRA CASA!
(Victtoria Rossini)

Agora você tem um corpo...
Mas tua consciência é dispersa
Passa mais tempo com a atenção fora
Do que dentro de ti

Tua mente vagueia
Fora do teu próprio corpo.
E a casa que deveria ser habitada
É tapera vazia
Lar abandonado


Você acorda com a mente aonde?
(No ontem?)
Você dorme aonde?
(Numa cama de problemas)
Você come aonde?
(Dentro da televisão)
Você caminha... Mas teu espírito ta aonde?
(Nas discussões?)
Você poe tua energia aonde?
(Em paixões? Em ódios?)
Afinal você vive onde?
Que não habita teu próprio corpo?

E a casa ainda nova
Se deteriora
Se acidenta
Se cansa
Se entristece
se deprime
As células adoecem
Se extinguem as neurônios
Desaba a casa

E você corre pro médico
Corre pro terapeuta
Corre pra igreja
Mas não corre pra tua casa

Volte pra casa!
Sinta teu corpo
Toque teus ossos
Sinta teu sangue correndo
Agradeça as tuas células
Limpe tua casa
Ame teu templo
Descanse em ti
Durma contigo mesmo
Se abrace
Se acaricie
Habite consciente teu próprio corpo!
Volte pra casa.


MEU SILÊNCIO
(Victtoria Rossini)

Meu silêncio
É povoado por milhões de palavras
Que revoam em bandos
Seguindo os ventos do coração

Fecho a boca
Selo os olhos
Tapo os ouvidos
Mas mesmo assim
Ouço o bater das suas asas
Se espatifando contra as grades de contenção
Grades feitas de ilusão
Que às vezes ninguém
Nem eu mesma
Consigo ver

Vejo as plumagens se soltando
Uma a uma caindo em câmera lenta
Morrendo petrificadas
No solo estéril da minha razão

Mas nem sua queda
Quebra o silêncio
Da minha emoção

Ela grita insana
Engasgada
Mesmo sem som
Chora
Mesmo sem lágrimas
Às vezes canta
Sem se expressar
E diz tudo...
Mesmo sem se pronunciar




GUERREIRA
(Victtoria Rossini)

Sou da paz
Mas a vida sempre traz
A guerreira que vive em mim

Minhas lutas
Infindáveis lutas
Se travam em terrenos invisíveis
Em estados indizíveis
Além do bem e do mal


Mesmo sendo pacífica
Às vezes sou maléfica
Mesmo vivendo a fada
Às vezes ajo como bruxa

Porque as fadas só criam
São observadoras frias
Não julgam apaixonadas
Nunca interferem em nada
E SÒ podem ver o lado bom

A bruxa que vive em mim
Reconhece o mal
Percebe o sinal
E tenta intervir
Modifica o posto
Transforma o rosto
E nem sempre está a rir

Às vezes gargalha
E sempre chacoalha
A guerreira que vive em mim
E saio a campo
Entoando o canto
Que é mais grito e pranto
Que pó de pirilimpimpim

Mas cultivo a guerreira
Por mais que às vezes queira
Simplesmente existir...
E me visto pra guerra,
Porque viver aqui na terra
É uma luta sem fim




SEQUELAS
(Victtoria Rossini)

Os sapatos de estrelas
Que tentaram me vestir na infância
Queimaram os meus pés

Hoje sou manca.
Não ando tão rápido quanto gostaria
Nunca fui até onde a minha mãe queria
E sempre pisam nos meus calos

Quem me dera tivessem sido
Apenas sapatos de barro...

Marcadores:

1 Comentários:

  • Marta amada!!
    Sou tua fã há muito tempo. Só que nunca tinha te encontrado por aí, pelas vias virtuais,só lia poemas e ouvia referências ;)))
    De certa forma és "culpada" por eu expor meus tarbalhos ao mundo.
    ;))
    Quando criei meu blog era apenas pra guardar algumas poesias, ja q dias antes meu PC tinha me dado uma rasteira e eu havia perdido mais de 200 poesias que tinha guardadas, só q nunca mostrava.

    Então fiz o blog e dias depois; achei q só eu o lia; a surpresa, ganhei um prêmio escritores da liberdade, que vc havia passado pra Glorinha Gaivota.
    Dai vc sabe, me senti na obrigação de postar mais. ;))
    Tenho mais de 2000 poesias nunca postadas por falta de tempo.
    Obrigada pelo carinho de me trazer até aqui Marta!!
    Meu blog pra quem quiser conhecer minhas poesias: http://www.victtoriarossini.blogspot.com/
    E meu orkut: http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=4793414942342450494&rl=t

    Bjxx de luxx a todos
    Sucesso e inspiração poetisa.

    Por Blogger Victtoria Rossini, às 7 de novembro de 2009 06:38  

Postar um comentário

<< Home