.

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

TRANSPARÊNCIA


TRANSPARÊNCIA

Quer me fazer feliz?
Não precisa muito...
Basta me sentir
e nunca mentir.
Ser transparente
e se situar sempre
que aches conveniente,
mesmo que para tal
tenhas que me contestar.
Quero me mostrar a você,
mas, precisas se revelar.
Quero você conluiada
só ao nosso sentimento,
nunca as convenções
ou aos ditos e conceitos.
Só a vislumbro livre,
podendo, se querendo,
alçar suas asas e voar
Jamais me permitiria
ou mesmo intentaria,
sua alma aprisionar.
Se sempre falarmos
e tudo esgotarmos,
sobre o que sentimos,
nossa linda relação
nunca irá se findar.
Se viver como um par
fosse tarefa infantil,
todo tolo conseguiria.
Por isso, minha paixão,
temos que “largar mão”
da covardia em nos expor,
compelindo todo o penhor,
em cimentar esse tão lindo
conto, que é o nosso amor!

Antônio Poeta

Marcadores:

3 Comentários:

  • mais um poema de nosso querido Poeta Antonio do qual sou eterna fã!!!!!!!

    Adoro os poemas de Antonio Poeta!

    Cada linda, cada verso representa a mais pura Poesia!

    beijos a voce Marta e beijos a Antonio !

    Por Blogger celina vasques, às 7 de agosto de 2009 03:18  

  • olha eu cá de novo!
    marta, vc vai acabar mexendo; despertando o meu adormecido Narciso... Rsss
    Comentário da Celina Vasques não vale, pois somos mutuamente fãs um do outro (rsss).
    Beijos gente querida... beijos Martinha e Celina, poetas compententíssimas e muito queridas por mim!
    Antônio José

    Por Blogger Antônio Poeta, às 8 de agosto de 2009 04:30  

  • Oi meu lindo Grande Poeta ANTONIO!
    TRANSPARÊNCIA!Tem a sua beleza de ser!Sou suspeita,rsrsr.Lindíssimo,viu?
    Te adoro!Beijos na alma!Sua sempre Fã!!!!!!

    Grande Poetisa MARTA PERES!
    É o seu jeitinho encantando a vida!
    Te adoro!Beijos no coração!

    Por Blogger Marisa, às 8 de agosto de 2009 17:52  

Postar um comentário

<< Home