.

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Desconversando


Desconversando

Não sou nem mais nem menos do que pensei ser,
sou o que sou, aos poucos vou me ultrapassando,
calada dentro de mim me perco em arrebatamento
no uso das palavras, transporto-me ao êxtase,
entusiasmada busco a continuação de mim mesma,
de meu começo...as minhas verdades... E assim vivo.
Sim, vivo sentindo-me feliz, realizada, amada,
eu vivo. Não interessa quem sou, sim o que sou.
Despi-me diante do mundo, lavei a alma.
Quem sou? Bem, isso já é um pouco demais não?

Marta Peres

Marcadores:

2 Comentários:

  • GRANDE POETISA MARTA PERES!
    DESCONVERSANDO!É de uma beleza fantástica!
    Lindo!Reflexivo e com uma sensibilidade ímpar!Parabéns!Você é sensacional!Te adoro!Beijos na alma!

    Por Blogger Marisa, às 9 de agosto de 2009 13:14  

  • [TEAL][B]Marta todas as poesias sao lindas!Fico feliz em ver uma poesia minha nesta pagina.
    Beijo e muito obrigada.

    Por Blogger Poesias, às 14 de agosto de 2009 15:13  

Postar um comentário

<< Home