.

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

QUANDO


QUANDO

Quando entraste na minha vida
Não esperava tanta urgência,
Logo que me viu...
Quis meu amor só para ti.

Não me deu tempo para nada,
Quando dei por mim
Estava dominada
Sendo por ti amada.

Tomaste tudo que queria,
Não pude recusar teu ardor,
Foi o que faltava nos meus dias
Tão sem graça sem o teu amor.

Hoje é dono da minha vida,
Da minha alma o posseiro,
Paixão que faltava
Amante e companheiro.

A vida sempre surpreende,
Acontece num repente,
Devastou minha carência
Amando-me, penetrando em mim
Todo teu desejo ardente.

MÁRCIA ROCHA

Marcadores:

1 Comentários:

  • Obrigada querida Marta pelo seu carinho comigo!!!
    Você é uma pessoa maravilhosa, o jornal está bombando! Muito lindo e de bom gosto.
    Um grande beijo da amiga....
    Márcia

    Por Blogger Márcia Poemas, às 14 de agosto de 2009 07:54  

Postar um comentário

<< Home