.

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

"o amor"


"o amor"



Não existe uma única
e verdadeira interpretação
para descrever o amor
e se isso existisse
não seria verdade...


o que é válido
é doar-se
investindo no atual
momento da troca
e da interação

é gerar cumplicidade,
fazer existir a confiança
mútua e verdadeira
da liberdade.

é demonstrar que a inspiração
-que o poder dessa sensação-
Pode fazer você
flutuar num mar de amor...

pode fazer você respirar
o reflexo mágico
das palavras de um poema

onde a forma escrita
e usada nos versos
são para transportar
para o papel “você”

significado único
do que é o amor...




Kênia Bastos

1 Comentários:

  • Olá querida Marta;
    Passei algum tempo lendo os belos poemas postados no seu sarau de poesia. E fiquei feliz e surpresa de vc ter publicado um poema meu, junto com tantos poetas de qualidade. Que bom que existem pessoas como vc que não se preocupam só com a auto-promoção, mas dão vez, voz, a pena e o papel aos novos poetas. Pessoas que incentivam a cultura e a arte em suas várias formas. Parabéns amiga pela iniciativa. Beijossss

    Por Blogger Vera Helena, às 23 de novembro de 2008 13:04  

Postar um comentário

<< Home