.

sábado, 12 de junho de 2010

A Cor do Amor


A Cor do Amor

Quando alguém perguntar
qual a cor do meu amor,
direi que tem o tom das espumas opalas
que rendam seu olhar

Talvez nuances do desejo
que acalentam o coração
nos ares das pradarias
brincando no verde vazio
poetizando uma canção

Pode ter a luz do ocaso
como a cor da liberdade
ou o tom de uma poesia
abraçada em algum lamento
semitonada de saudade

Mas tem que ter o brilho
do encontro de um olhar,
a magia da liberdade ao prender-se
e a certeza da prisão ao soltar-se

Conceição Bentes

Marcadores:

1 Comentários:

  • Marta querida

    O REBATE se veste com a mais bela indumentária: o amor
    Hoje ele se superou em romantismo, e como diz aquele poeta que amo de paixão (Marçal Filho), ele está no mínimo, mais que o máximo

    Obrigada por tudo

    bjos

    Ceição Bentes

    Por Blogger Conceição, às 12 de junho de 2010 08:59  

Postar um comentário

<< Home