.

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Primavera de Cassia Da Rovare!

Primavera no Outono, Seria.

Queria que minhas mãos
Tocassem nas tuas
Como um ato santo
De ternura e leveza.
Queria que meus lábios
Beijasse os teus
E te levasse ao paraiso
Neste risco e ansia de vida.
Queria olhar-te
Tão profundamente
Que visse tua alma
Penetrasse em teus sonhos
Te inundasse de alegria.
Queria teu sorriso lindo
Sorrindo pra mim
Quando eu acordasse
E meus olhos beijasse.
Ah! eu te amaria
Queria quem sabe,
Te dizer pra não ir
Pra ficar, teus compromissos
Deixar, só hoje, eu prometo
E rirmos da minha mentira.
Queria ser teu travesseiro
Nas noites de frio e delírios
Onde o medo te assaltasse
E num pulo,
Meu colo você buscasse.
Ah! eu te amaria
E quando a velhice
Nos alcansasse
De ainda, tão apaixonados
Nossos corpos vibrassem
E meus olhos você beijasse
Como ontem, como um dia
Como a primavera,
no outono das nossas vidas
seria.
Ah! eu te amaria

Cassia Da Rovare

Marcadores:

2 Comentários:

  • MINHA LINDA GRANDE POETISA CASSIA DA ROVARE!Que linda TUA...NOSSA PRIMAVERA!Lindíssima!Parabéns minha linda!Vc sabe que te adoro!te ler é um prazer enorme!Me encanto sempre!Beijos na alma!

    Por Blogger Marisa, às 17 de setembro de 2009 10:38  

  • Emoção...é a palavra que reflete o que sinto ao vir aqui te visitar. Cada poema mais belo, profundo e envolvente...Cada imagem mais bela.
    Parabénse amiga. Que a primavera te inspire sempre belos insights como este.
    Beijosssss

    Por Blogger Vera Helena, às 23 de setembro de 2009 16:46  

Postar um comentário

<< Home