.

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

DESENCONTRO


DESENCONTRO

Foi do esperado
que o ter perdido
me fez ter sido
desesperado.

O ter perdido
foi de viver
do haver morrido...

O ter vivido
foi de morrer
de haver sonhado.

Foi do encontrado
que o ter vivido
me fez ter sido
desencontrado...

Afonso Estebanez

Marcadores:

2 Comentários:

  • Meu lindo GRANDE POETA AFONSO ESTEBANEZ!
    "DESENCONTRO"...Lindíssimo como tudo que vc escreve e encanta!Parabéns!Adoro te ler e não é sem razão.Vc brinca com as palavras de uma forma criativa e maravilhosa!
    Beijos na alma!

    GRANDE MARTA PERES!Parabéns por prestigiar a poesia e a arte de modo geral!Te adoro!Que Deus te ilumine sempre!Beijos mil!

    Por Blogger Marisa, às 16 de agosto de 2009 19:59  

  • Graça e amor!

    Que amor de poema! "Desencontro" é nada mais nada menos, de uma forma insofismável, do encontro da ternura com a graça.

    Estebanez foi muito feliz nesta composição poética. Simplesmente, a mesma nos conduz a êxtases e mais êxtases.

    Bravíssimo!

    José Bonifácio

    Por Blogger josebonifacio, às 16 de agosto de 2009 21:10  

Postar um comentário

<< Home