.

terça-feira, 27 de março de 2012

Poeta Moysés Barbosa!


















CORAÇÃO PARTIDO

Acabou o verão, veio o outono
E para muitos começa o lamento
Pois se extinguiu um belo amor.
Nesta época, certamente singular,
As folhas caem, e correm ao vento
Como pedaços de coração em dor.

Mas o inverno virá muito depressa
Para ao coração dar nova vida,
Renascendo então momentos de alegria.
O inverno aquece e também une.
Assim, do outono, aguardo a partida,
será que todos os cacos ele juntaria?

Há quem espere esta vital proeza
Coração novo, sim, reconstruído,
Colados juntos estes pedaços loucos.
Se isso for possível, que bálsamo!
Não haverá mais coração partido
Já que a vida ressurgirá aos poucos.

Dom Moysés Barbosa
























QUERIDA

És do meu viver a doce primavera,
com um sorriso nos lábios ostentando,
És a flor - que em meio à tempestade,
demonstra ser feliz - vive cantando...

És a inspiração de todos os meus versos,
que falam de amor... algo sublime!
És portadora d'um olhar tão puro e belo,
que êsse verso - imperefeito - não define.

És do meu jardim a rosa branca,
que a pureza do teu corpo sempre exala.
És da harpa o mais lindo e santo arpejo,
que de ti - sem temor, aos outros fala.

És das flores o perfume amigo,
o qual - inocente - o vento enlaça.
Só saberei viver mesmo contigo;
deves entender o que se passa...

Moysés Barbosa





























TUAS CARTAS

São sempre revestidas de ternura
e refletem os mais puros sentimentos.
Falam de amor, enfim, de coisas belas,
são companheiras de todos os momentos...

Quando as recebo, quanta emoção!...
Relembro tuas mãos, o teu olhar.
Quando as leio; quanta saudade!
Meus olhos não se cansam de chorar.

Tuas cartas são as mais sinceras,
pois falam de ti; dos teus anseios.
A menor frase ou a mais singela,
sustenta o fulgor dos teus enleios

_ São belas e puras tuas cartas meigas.
_ Harmoniosas como um brando arpejo.
Tuas palavras são as mais floridas,
e refletem a doçura do teu beijo...

Moysés Barbosa



Marcadores:

1 Comentários:

  • O que dizer da poesia de Dom Moysés? Versos ornados de beleza singular, palavras que bailam na cadência das rimas e tocam o coração!
    Fico imensamente feliz ao ver suas poesias postadas nesse universo de palavras que tocam a alma e exalam emoção!
    Parabéns,Marta, por este espaço lindo de poesia!
    Parabéns,Dom Moysés, por sua sempre doce inspiração!
    Regina Xaviet

    Por Blogger REGINA XAVIER, às 27 de março de 2012 11:58  

Postar um comentário

<< Home