.

domingo, 13 de junho de 2010

A Arte da Poesia!



DOCE POESIA

A poesia chega
assim...
Acanhada
De pés descalço
E...
Docemente
Passa pelos jardins desertos
Liberta o grito aprisionado
A dor emudecida
A alegria contida

A poesia é livre!

Restaura os poços secos da alma
Inunda-os com flores
E, sob uma sinfonia de pássaros
Traz de volta o arco-íris.

Arnalda Rabelo


ESPERO UM AMOR


Que me encante com o olhar
Seja sedutor como o luar
Que me embriague pelo
cheiro
Que seja meu por inteiro

Espero um amor

Que me ilumine ao sorrir
Seja calor que me aqueça
Que me faça cafuné pra
dormir
E ao meu lado, sorrindo
adormeça.

Espero um amor

Que me provoque arrepios
Que me tire o chão em
delírios
Que seja a razão do meu
riso
E perca comigo o juízo.

(Sirlei L. Passolongo)



Paixão


Quando te enlaço nesse laço apertado
Teu corpo se cola e se enrosca no meu.


Cada poro e fio de cabelo misturados
Numa urgencia que jamais se perdeu.


Nossa sombras se espalham no chão
E nosso corpo siamês,arde e desmaia,


Na lassidão que nos deixa prostrados.
Nos separarmos por pura exaustão...


Acabamos tão unidos que já nem sei
Onde começa voce e onde termino eu.


-Helena Frontini-


A COR DO AMOR

Meu amor é furtacor, madriperolado
Tem um brilho sutil, que reflete o que sente
Reflete a cor do amor...rubra, rosa, apaixonado

Meu coração tem luz própria
Porque se ilumina de sentimentos
Se alimenta de nossos momentos

Meu amor inspira poesia

E tem endereço certo...seu coração
(Vera Helena)



ESTE SENTIMENTO

Ah este sentimento que trago no peito
Te faz o eleito do meu coração
Ah este sentimento que me toma por inteiro
Me faz sonhar-te, belo, viajante
Do meu coração amante

Ah este sentimento desmedido
Que me priva os sentidos
Me faz perder a razão
Me faz buscar inspiração
Pra te homenagear com um poema
Neste teorema de amor
Que envolve nossas vidas

Me faz querer ser um astro
Bem luminoso
Pra iluminar suas noites
E seus passos
Direto pros meu braços

(Vera Helena)


Um brinde ao nosso amor

Você se aproxima
Ai que friozinho na barriga
Minhas pernas estão tremulas
As mãos úmidas
E coração a saltar pela boca
Esta quase chegando
Um pouquinho mais
E eu o terei em meus braços
A acariciar o teu rosto
E beijar sua boca
Numa entrega por inteiro
Ha então você me trouxe flores
Que bom, combina com a mesa posta
Para um jantarzinho intimo
A luz de velas em castiçais dourados
Um vinho seco pra você
E um martini doce para mim
No forno um assado de peixe
Em calda de limão e azeite
Uma pitada de nós moscadas
E uns raminhos de coentro
Faz toda a diferença
Receita de minha avó
Enfim um brinde
Em honra do nosso amor!!!
Tim Tim...
Eriem Ferrara


Verso eu, versa voce...

Nos teus olhos profundos
meu destino, navegando pelos mares
Entreguei minha nau nas tuas profundezas...

Teus olhos ardentes
me queimando em labaredas
Atravessando o frio das horas
Que passam pela terra impunemente...

Me esqueci de ter lógica
Acho que isso não funciona pra gente...

E quando eu fico longe de voce
e voce longe de mim
Tudo é tão dia nublado...
...e eu só me pego a poetisar!

Verso eu, versa voce...
nossas rimas tão perfeitas
nas quadras se acomodam
nas leituras de nossos corações!

Denise Flor



Há uma criança...

Há uma criança morando em mim
Que nunca cresce
Ela acredita num mundo cor de rosa
Onde o amor ainda prevalece
Sente flores no outono
Colhe sol no inverno
Acredita no perdão
No amor E na paz
Acredita em amigos verdadeiros
Que se doam por inteiro
Acredita em fadas com varinha de condão
E no poder de tocar o coração
Brinca de faz de conta
E faz de conta que o mundo é puro
E faz de conta que o mundo é bom
Há uma criança morando em mim
Sonhando com azuis
E amarelos
E verde esperança
Ah!...Ela não se cansa!
(Arnalda Rabelo)


Memórias...



A casa de minha infancia banhada de sol e orvalho.
Passarinhos afinados em coro com galinhas esganiçadas.
Um sino repicando ao longe, na igrejinha distante.
E eu, criança assanhada, correndo pela varanda entelada.
Na cozinha, cascas de laranjas, penduradas.
Meu pai sempre dizia que perfumavam a casa...
Flores em latinhas de conservas, tão belas!
Nunca precisaram de ostentação para florir...
A mesa posta, com todos os pratos...nenhum faltando.
A comida cozinhando no fogão...Cheiro bom!
É domingo,dia de macarrão!



-Helena Frontini-



GRITO

Eu sou feito de concreto
por inércia!
E se exclamação vem
por ponto
é que outras menções não servem...
não me ensinaram...
Diante desse óbvio cinza
dispenso a natureza
pois sou cidade...
e prédios...
Que não arranham céus,
escondem....
E por que minto...
defendo-me...

Se de astros enfeito
a vida...
deles confesso como sou
e o que vivo...
Com pouca luz engano o escuro
e o que vivo manifesto
assim...
Controverso é ser um homem
de tantos sentimentos
em avalanche...
Que a realidade é dique
e o silêncio fia...

Eu quero ser um grito!

É que se me calo sou
comum...
e se falo sou trovador...
e se me calo sou sobrevivência
e se falo
sou uma ciranda inteira...

Lupi


A PERDA DO SEU AMOR

Se eu não puder, encontrar
as luzes com que sonhar,
e, nem mais saber,
como a você inventar,
Se não conseguir,
mais do que suspirar,
então não poderei mais ouvir,
as minhas mãos tocarem,
à sombra das suas costas,
e você não poderá ,
mais ver meus olhos dizerem
o quanto sentirei a sua falta.

Se eu não souber
como a você imaginar,
não poderei mais cruzar,
o espaço sideral,
para junto de você ficar.
E já não poderei dizer
as palavras que rasgam,
as minhas carnes, sem ter,
como tudo modificar,
gritando para todo o mundo,
o meu grito moribundo,
da minha infindável dor,
pela perda do seu amor.

Marco Orsi


A Melodia

A melodia da saudade nos faz chorar
Quantos tempos recordam de ti, uma nuvem
Abençoada me faz companhia, sinto plumagem!

A me aquecer neste dor que carrego até o infinito!
A vida nos faz melancólicos e nos carrega para o laço!
Hoje te trago no peito. Ah! Que vontade te dar uma abraço

Deus meu, sei que me compreendes lá no recôndito da alma minha!
O meu ser é tão imenso no amor e na compreensão para com a vida!

Regina Kreft


Fragmentos


Congelo teus carinhos em minhas mãos
onde gotas de dor oscilam
paralisando meus versos disformes

O som da poesia
transforma-se em fragmentos
ante a torpe saudade
que abafa meus soluços

Entrego-me a pedaços de esperança
na tênue sintonia
que une os reflexos de ti
absorvidos em mim


Conceição Bentes



Sombras da saudade...

Os meus sonhos dormem,
quando você não vem...
As estrelas se apagam,
o meu coração emudece
e a minha intuição se
perde na incerteza.
Tudo fica tristonho...
A sua ausência tapa
os meus ouvidos e eu
só consigo ouvir o eco
da sua chegada que
se prendeu no que resta
da minha esperança.
Valquiria Cordeiro



Deixa os meus lábios,
aproximarem dos seus...
Que teremos beijos,
ao invés de adeus.
Valquiria Cordeiro

.
Acredite que Deus tudo pode...
E você poderá tudo.
Valquiria Cordeiro




NAMORADO

Eterno amor que me domina
Vem, entra nos meus sonhos
Me faz tua rainha
Namorado...
Meu amante apaixonado
Vem em meus braços adormecer
Vem em mim permanecer...
Vem se eternizar em mim
Nos sentimentos
Nossos monentos
Nesse encontro de almas...
Transcendência
Inocência
mesclada indecência
Pureza dos sentidos
Nanorado...amor atrevido
Amor...intensidade
dos sentidos...sentimentos
Da forma de olhar
Troca...entrega
Não importa a forma
mas a profundidade
A intensidade
Namorado...
Enamorado
De mim...em mim...
Toque, arrepio, descoberta
Sedução, emoção
Que se revela a cada encontro
A cada minuto sempre diferente
Amor quer não é rotina
Eterna conquista
Nossa sina
Seguir juntos um do outro
Eternos apaixonados...
Você e eu...
Namorados

(Vera Helena)



PROCURA-SE

Um homem dedicado
Amoroso e delicado
Charmoso e educado
Para ser meu namorado.

Ele deve ser
Um companheiro ardoroso
Bem humorado, gostoso,
Livre e independente
E que ame docemente.

Um homem espirituoso,
Inteligente, fogoso,
Másculo, sensual,
Um belo espécime
De amor visceral.

Esse homem procurado
Deve ser apaixonado
Para no dia dos namorados,
Beijar a minha boca
E amar-me alucinado.

MÁRCIA ROCHA



VIVER ENAMORADOS

PELA SENSIBILIDADE
DE SERMOS HUMANOS,
VERDADEIRA--MENTE !!!
VIVER ENAMORADA
PELO AMOR
VIVER ENAMORADA
PELO POESIA
VIVER ENAMORADA
PELA FLOR
VIVER ENAMORADA
PELO SOL
VIVER ENAMORADA
PELA LUA
VIVER ENAMORADA
PELA TERRA
VIVER ENAMORADA
PELA LUZ
VIVER ENAMORADA
PELA VIDA
VIVER ENAMORADA
PELOS SONHOS
VIVER ENAMORADA
PELOS DESEJOS
VIVER ENAMORADA
PELOS PRAZERES
VIVER ENAMORADA
PELA SENSIBILIDADE
VIVER ENAMORADA
PELO OLHAR
VIVER ENAMORADA
PELO OUVIR
VIVER ENAMORADA
PELO TOCAR
VIVER ENAMORADA
PELO ANDAR
VIVER ENAMORADA
PELO DEGUSTAR
VIVER ENAMORADA
PELO OLFATO
VIVER ENAMORADA
PELA POSSIBILIDADE
DE TECER UM POEMA
Á FLOR DA PELE !!!
FAZ LAPIDAR TODA ESSÊNCIA
DA REGÊNCIA DA BELEZA E HARMONIA
DO VIVO PULSAR DO CORAÇÃO !!!
AMO AMAR O AMOR,
NELE TUDO INFINITA--MENTE
POÉTICO ....

CLAUDINHA POETA

Marcadores:

1 Comentários:

  • Puxa vida Marta quanta doçura encontro aqui nesta coletanea de versos em homenagem ao dia dos namorados, fico pensando como o ser humano é rico em sentimento e sensibilidade para tecer com o alma e o coraçao esta arte táo bela "A Arte da Poesia!". Náo sei quais os critérios vc utiliza para selecionar as poesias que publica aqui em sua página, mas tenho certeza que seu talento e senssibilidade sáo peças chaves para vc fazer essas escolhas... Parabenizo seu trabalho e agradeço a honra de estar em meio a tantos renomados e queridos poetas. Meu carinho sincero, beijos!!!

    Por Blogger Eriem Ferrara, às 14 de junho de 2010 18:48  

Postar um comentário

<< Home