.

domingo, 13 de junho de 2010

Romance


Romance


Jenario de Fátima


Deixe que eu beije ao menos o teu rosto.
Já que tua boca eu sei, não me pertence
E que neste beijo eu imagine e pense
Que tua pele tem da língua o gosto.

Fique comigo a luz dálgum sol posto
Destes que enquanto a noite a tarde vence
Cria-se um doce clima de suspense
Qual a novela sem fim pressuposto.

Deixe que eu toque leve teus cabelos
Mas que sinta a intimidade de teus pêlos
Numa impressão que apenas vê quem ama.

Mas deixe mais, deixe até que eu me iluda,
Que tua boca assim calada, muda,
...É um convite a me chamar pra cama...

Marcadores:

1 Comentários:

  • Marta Peres, você é uma mensageira da Poesia, um baú de emoçôes.

    Agradeço emocionada, por estar em honra aqui mais uma vez.
    Seu carinho impulsiona e faz bem ao coração.

    Te adoro, Poeta...aquela coisa que não se entende, mas sente e muito.

    Beijos e carinhos meus!

    Ruth Maria Perrella

    Por Blogger Ruth Maria Perrella, às 14 de junho de 2010 16:24  

Postar um comentário

<< Home