.

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Pequeno Sarau!



*
Pra dizer: te amo !!!
Afinal ...
Como falar de amor
sem repetições
de palavras incrustadas
com detalhes festivos
ressaltando os ímpetos,
e por dentro insistindo
em chamas ardentes
no amar encarnadas ?
Entram naturalmente
no jogo de promessas
com encaixe perfeito
nas juras confessas.
No maior dos vôos
reveladas, indistintas
mesmas frases repetidas
vozes e suspiros
enxurrada de carinhos
que caem sob medida
pra dizer : te amo ! ! !
Stela Emilia Gusmão
04/11/08
Dir. Res. ao Autor: licença cc
À Julio Cezar.


PALAVRAS

Palavras soltas ao vento
São penas a esvoaçar
Não tendo discernimento
Um grande estrago fará.

São forças do pensamento
Que nutrem as emoções
Trabalham os sentimentos
Dando-nos grandes lições.

Pronunciadas com amor
Brotam as belas sementes
No coração buscador
São verdadeiros presentes.

As palavras têm magia
Enriquecendo nossa alma
É a linguagem da poesia
Conduzindo-nos a calma.

Neneca Barbosa


Sonhos lindos...

São sonhos diários,
Inevitáveis,indescritíveis,
Outros inenarráveis,
Incomparáveis nas comparações,
Vindas do coração.
Sonhos lindos...
Vividos, perdidos,
Outros bem vindos,
Confusos, confundidos.
Uns de rocha, outros de vidro
Sonhos amargos, lindos, encantados
Encobertos nas nuvens
Descobertos no brilho das estrelas
Renovados na Lua faceira.
Sonhos dormidos, acordados,alados,
Sonhos de amar e acreditar,
Se posso sonhar um sonho,
O sonho pode me sonhar
Realizar contigo,sonhos lindos...

Marisa de Medeiros


Amores estranhos
Denise Flor©

Ouço ao longe uma linda canção
que ao ar ecoa chegando até eu
Ela fala de amores desfeitos
vidas isoladas e solidão...
Fico prestando atenção
e até me entristeço...
Quem será que estaria agora
nessa situação?...
Se essa música baila no ar
é porque o amor deixou a desejar
para alguém que chora
a falta de outro alguém...
Amores são mesmo assim!
Quando a palavra certa se cala
dois seres que se amam
acabam tendo um triste fim...
Cada um vai pro seu lado
choram isolados a sua dor
por falta de pequenos cuidados
esse amor foi condenado
a viver o desamor...




CAMA VAZIA
Kedma O’liver

Deitada no escuro, nada vendo
Pensando em você, mente vagando
Sonho acordada...

Vejo teu corpo delineado na parede
Sinto teus beijos matando minha sede
Minha pele fica arrepiada...

Volto à realidade e suspiro
Cama vazia, momento de delírio.


Puro amor

Eu quero!

O puro sabor do amor,
um jardim para colher uma flor,
e um caminho para meu andor

Eu sinto!

Os passos do meu andor,
a dor de não ter um amor
para dar esta minha flor

Eu chego!

Em curtos passos com meus pés feridos,
com uma flor despedaçada sem abrigo
e a dor de não ter conseguido

Mas não desisto!

De encontrar um puro amor,
de cultivar um jardim com uma bela flor,
para lhe dar com muito amor e sairmos para
o caminho, querendo, sentindo, chegando e nunca desistindo


Pergentino Júnior


Homem é tudo igual!


Romântico...
Um dos últimos,
Se não for...
Ainda crê na flor
Como presente
De amor...
Inda escreve cartas
Se preciso for...
Chora de verdade
Se for por amor...
Escreve poema
Quando sente dor...
Compra chocolate
Pra dar mais sabor...
Anda pela chuva
Se esta calor...
Se cobre com estrelas
Não com cobertor...
É acima de tudo
Um pobre sonhador...
Embora sempre pense
Ser um sedutor!


Santaroza


Sinônimo

Como planeta sonho
eu, Deus, você,
somos luz,
expressão da vida,
realidade...

Assim todos,
uns humanos,
outros anjos,
intensidade
gerando paz.

Somos energia,
equilíbrio,
corações à deriva,
vida à fora,
desafio...

Mistura irreal,
eterna procura
de sentimentos,
como único
referencial.

Igual a todos
percorrendo entrelinhas,
beijando cada flor,
como espelho,
em busca do amor!


Kênia Bastos



DESENCONTROS MODERNOS
NA VISÃO DE UMA CRIANÇA

Cadê você pai que não me ouve,
preciso te falar
tem que ser agora
não posso mais esperar.

Os dias estão à passar,
e a minha dúvida à crescer,
mamãe, papai, onde estão vocês?
sózinho, me encontro outra vez.

Preciso deste momento!
quero o abraço e o aconchego,
eu sei tenho tudo,
mas preciso muito mais,
do meu porto seguro.

Eu sei que vou chorar,
no travesseiro , ao me deitar
não quero mais escutar,
as brigas que reinam neste lar.

Inevitavelmente, aconteceu...
a separação, como doeu,
o meu mundo desabou
a minha vida se despedaçou.

Vou tentando me acostumar,
neste novo trilho me encaixar,
é dificil, mas tento entender
este desencontro, que veio à acontecer.

Ora aqui, ora acolá,
o carinho tem dia e hora marcada,
o meu corpo está machucado,
pelo grito que não dei...
estou sufocado.

AMARILIS PAZINI AIRES


QUANDO EU NÃO MAIS EXISTIR


Quando eu não mais existir
não adianta olhar para o céu
e contar as estrelas


Quando eu não mais existir
não adianta ignorar a lua
só para não querer vê-la


Quando eu não mais existir
não adianta prender a saudade
que sentirá de mim


Quando eu não mais existir
não queira tapar o sol com a peneira
seus raios vão continuar lhe aquecendo


Quando eu não mais existir
ficará apenas o meu amor
que sempre irá aquecer o seu coração!


- Lúcia Biazetto -

MAQUIEI A FACE

Trago na face uma
maquiagem forte
Onde tentei disfarçar
os sulcos da solidão
e o vigor da tristeza
Porém... Nada adiantou
Você... Continua vivo
dentro de mim
Meu ser choroso
clama por teu amor
Maquiei a face...
mas não consegui
maquiar minha dor

Rô Lopes



ESPERA

Não era para ser assim
Esse dia cinza...
Tão sem cor,

Sem flores no jardim,
Você longe de mim...
Preciso de você aqui
Para que o céu fique
Absurdamente azul

As flores desabrochem
E seus perfumes
Se espalhem pelo ar...

O meu amor está te chamando
Quer você aqui
para te acarinhar

Cobrir-te de beijos e te amar
Não demores!...
Estou a te esperar...

Maria Bonfá



Menina flor...
Menina flor
Não sei o que aconteceu contigo
Você era ternura, toda amor,
sorridente , bela e querida.
Eu te adorava
Queria estar sempre do seu lado
Por que perdeste a inocência?!
Que pena,mudou demais!
Nossas almas eram gêmeas ,
agora não se conhecem mais
Deixaste de ser meu anjo lindo,
eu deixei de ser teu amor maior.
Menina flor,
com isto estou muito triste,
não há mais magia entre nós
O que havia de belo entre nós dois,
num passe de mágica se acabou!
Joe Luigi

BRINCAR DE FELICIDADE
Deixo a brincadeira
ser feliz comigo.
Pois tudo que eu quero,
é ser feliz também.
Então,
porque não brincar de felicidade?
Se os bons momentos,
só são bons de verdade.
Quando a gente ajuda os outros
e se ajuda também . . .
Homenino Poeta


Vozes encantadoras
Vozes sussurradas bem baixinho
No ouvido como doce afago.
Ecoa o cântico dos pássaros.
Sublime encanto raro!
Vozes meigas de elogios
Produz satisfação e arrepios.
Vozes de galanteios ousados e ternos;
Vozes que emocionam este mundo moderno!
Vozes puras e específicas
De amor soa magnífica,
O teor a palavra justifica;
E o coração edifica!
Vozes e ecos soam na alvorada
O brilho da relva ainda molhada.
Compassada e melodiosa;
Em coro é maravilhosa!
Vozes em declaração de amor
Relata a magia com ardor,
Vozes na marcha nupcial.
E o fascínio do sim, no altar é sensacional!
Hortência Lopes

8 Comentários:

  • Minha querida Marta..só tenho que te agradecer por seu carinho e pelas oportunidades que vc me da..obrigada de coração.. vc é maravilhosa.merece tudo de bom e parabéns pelo premio recebido.. beijos
    Maria Bonfá

    Por Blogger maria, às 12 de fevereiro de 2009 11:30  

  • Obrigada Marta!
    Cada vez que você posta uma poesia minha, em sua página, é mais uma oportunidade que ganho na divulgação do meu trabalho.
    Que Deus lhe ilumine sempre!
    Beijos!

    Por Blogger Neneca Barbosa - Um ser humano em evolução!, às 12 de fevereiro de 2009 11:32  

  • Obrigada menina, pelo privilegio de estar aqui.
    bjs

    Por Blogger Kedma O'liver, às 12 de fevereiro de 2009 11:38  

  • Amiga Poetisa Marta Péres,

    Muito bom ver hoje aqui "Pra Dizer: Te Amo !" da Poetisa Stela emilia Gusmão.
    Noensejo cumpriemnto plea jsuta homeangem que acomu Poesis Mostra AsTaus CAras te presta esta semana.

    a porposito vá no perifo recados do perifl Venus Do Amor, quemantem o perifl orkut Poesia Mosta As Taus CAras, ocm MaRCELO moURÃO E VEJA O ELOGIO QUE FIZ AOTEU POEMA ER´TOCIO que hoej estásenod diuvlgdo.

    Abraçso e beijos Poétricos ! (sem revisão)

    Por Blogger juliocezarsoares, às 12 de fevereiro de 2009 12:12  

  • Como sempre belas poesias, pulicadas aqui, grandes poetas das letras!

    Beijos e abraços a todos!

    Pergentino Júnior

    Por Blogger Pergentino, às 12 de fevereiro de 2009 13:57  

  • Obrigado Marta, você é muito gentil
    comigo me postando junto a tão renomados poetas, de coração te agradeço.
    Beijos do amigo
    Joe

    Por Blogger Joe, às 12 de fevereiro de 2009 17:17  

  • Obrigada!Falta-me palavras para
    manifestar tudo o que tens feito
    por mim.Obrigada pelo seu meigo
    e belo coração que faz a divulgação
    dos poemas nesse tão conceituado
    jornal.
    Marta só tenho é que te agradecer
    eternamente!E pedir que as benções
    de Deus seja abundante na sua
    horada existência.
    Beijos
    Hortência Lopes

    Por Blogger hortencialopes, às 12 de fevereiro de 2009 18:26  

  • Martinha minha amiga querida, saudades....

    Hoje colocando frases soltas no google para ver se encontro alguns textos meu, eis que surge o link do seu jornal. Menina que surpresa boa ver meu texto MAQUIEI A FACE nas suas paginas.
    Obrigada pelo carinho de sempre, obrigada por divulgar nossos trabalhos e obrigada por promover e incentivar os novos poetas e eu uma aprendiz de poeta.
    Beijos Marta e tenha um bom dia com uma semana iluminada que está a nossa frente.
    Obrigada, obrigada, obrigada. Muito obrigada

    Por Blogger Rô Lopes, às 8 de setembro de 2014 05:03  

Postar um comentário

<< Home