.

sábado, 6 de dezembro de 2008

Preciso renascer


Preciso renascer

Preciso estancar o sangue
Que jorra de minha alma
Acalmar meu espírito
Que chora aflito
Preciso agarrar o último fio
Antes que seja tarde
E me deixe levar
Pelo vazio...
Preciso! Renascer feito fênix
E dar vida a minha vida
Paz ao meu coração
Desatar o nó
Da garganta
E estancar de vez
A dor que em mim sangra.

(Sirlei L. Passolongo)

2 Comentários:

  • Lendo tão pelas poesias, compartilhando delícias em versos, só posso agradecer a você por me deixar sentir o aroma de sua alma perfumada!
    Obrigada poetisa.. obrigada amiga!

    Por Blogger SONINHABB, às 8 de dezembro de 2008 09:10  

  • Mais uma vez amiga agradeço você publicar um poema meu. Agora sobre o Natal. É que li tantos poemas belos sobre o natal, aqui na sua página que fui contaminada pelo Espírito de Natal e escrevi sobre ele. Cada poema aqui postado tem sua brilho próprio e você é a estrela maior que faz todos nós brilharmos um pouco mais.
    Beijosss

    Por Blogger Vera Helena, às 9 de dezembro de 2008 17:24  

Postar um comentário

<< Home