.

segunda-feira, 8 de março de 2010

Mulheres


Mulheres

Ruivas; loiras; castanhas;
morenas; negras; amarelas,
cada qual com seus sabores,
fascínios e pessoais manhas.
São elas nossas mulheres...
Nossas divindades e amores.
Todas têm em comum
a hiper sensibilidade,
de se fazerem presente,
e mesmo, sutilmente,
sempre se insinuarem,
sempre nos provocarem.
Três são os ingredientes,
dominantes e presentes
na formação feminina:
Primeiro a emotividade,
segundo a sensualidade
e terceiro a sagacidade.
Acredite quem quiser,
nada há mais de misterioso,
nobre, fascinante e desafiante,
que o gênio intimo de uma mulher.
Entretanto, quando ela ama
e é amada em veracidade,
ela outorga se desvendar.
Beócio é o homem
que tenta a entender
sem em plenitude a amar.
Pode até mesmo, com ela viver
uma vida inteira, mas a sua alma
com plena certeza, jamais irá alcançar!

Antônio Poeta

Marcadores:

1 Comentários:

  • Legal Super Martinha! Vc como sempre antenadíssima as ocasiões e ensejos, enriquecendo cada vez mais esse já tão precioso e lírico espaço.
    Beijos meu dengo querido e parabéns por tudo, viu!
    Antônio Poeta

    Por Blogger Antônio Poeta, às 9 de março de 2010 10:55  

Postar um comentário

<< Home