.

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Poetas Reverenciam a Primavera!



A Primavera

A primavera chegou mansa e cálida
Com suaves sopros, colibris com
Flores exóticas e perfumadas
Riscando os céus em cores
Germinando a terra com tanto
Carinho e doçura!
Tapetes que se estendem
Além, num verde que contagia
E nos envolve como mantos
De paz, correr e inalar esse
Perfume que vem da vida:
O olor das rosas estas
Que enfeitam minha alma,
Guardo-a bem aqui juntinho
Do peito meu, para somente
Oferecer-te!

Regina Kreft


HÁLITO DE PRIMAVERA

Minha pele alva
possui além do
óleo essencial da vida
o poema mais perfumado...
.
Gotas da tua saliva
estão impregnadas em cada poro,
vapor dos teus beijos florais...
Hálito de primavera.
.
BEBE





CORAÇÃO DE PRIMAVERA
Guida Linhares

Preparada a natureza, transmuta-se a estação,
do outono sobram as folhas amarelas no chão.
O vento logo as sopra para um lugar distante,
para que todos as esqueçam, no tempo adiante.

Renovam-se os ramos, assim como a esperança,
que cresce no peito de quem tem a alma criança,
que sorri por quase nada, e chora quando triste,
por sentir que nem sempre todo o amor persiste.

Mas se vivemos em ciclos, como a mãe natureza,
há que se ter bem lá no fundo, a benigna certeza,
de que na vida tudo passa e no tempo transfigura,
trazendo novas alegrias a toda sonhadora criatura.



VERSOS PRIMAVERIS
.
A primavera está chegando
com suas flores e cores
brindo sua chegada com as
partículas dos meus versos.
.
Vibro com o cheiro primaveril...
A flor da pele sigo meu destino,
liberta no ar, sem deixar que
tirem minha liberdade de expressão.
.
Posso correr riscos,
ser aquele poema não tão perfeito,
mas trago no peito um grande amor perfeito.
.
Transbordar sentimento é
minha overdose diária,
quem quiser me acompanhar...
.
Apenas grite, escreva,
deixe seus medos de lado,
refresque a alma para poder
entrar na próxima estação
com muito mais luz no coração.
.
BEBE



AMOR PRIMAVERA

Valeu o tempo de espera
Você me chegou assim
Como bela estação
Enfeitando minha vida
De alegria e flores
Você me chegou
Amor Primavera
Depois da tempestade
De tanto tempo turbulento
Calmaria
Você chegou e aquietou meu coração
Hoje sou feliz
Hoje digo que estou amando
Hoje tenho brilho no olhar
Denunciando a felicidade que sinto
Hoje tenho você
Que veio pra ficar

(Vera Helena)

Vitória/ES





DAMA DA NOITE
.
A noite se aproxima
e com ela sinto no vento
aquele perfume embriagador
bailando junto com minhas letras
por todo ar.
.
A primavera e o verão estão
chegando e é neste momento
que ela junto com a lua a todos seduz.
.
Minha sintonia com ela é total
pois mesmo escondidas nosso
aroma vem da brancura da nossa alma.
.
Conquistamos pouco a pouco
mas de uma forma tão intensa
que na tua pele ficará nosso aroma
dia e noite por todas as estações.
.
BEBE



TEMPO DE ESTIO

Tempo de estio
Novo brilho
No olhar...Na vida
Campos de flores
Enfeitam seu caminhar
Quando você vem pra mim
Esqueço minhas quimeras
Na alegria da Primavera
Me floresço e te recebo
Com magia e poesia
Pra você o verso mais lindo
O mais profundo de mim
O meu sorriso mais belo
Meu arco-iris em cores
Minha tela prferida
A que retrata minha vida
Retrata a felicidade
O brilho do meu olhar
Por ter você pra amar
Em qualquer estação
A mim pertencer seu coração
Tempo de estio...
Tempo de amar
Tempo de brio
De com a vida vibrar
(Vera Helena)

Vitória/ES




Quando Chega a Primavera

Quando chega a primavera
Colorem-se campinas e jardins
Também minh’alma se enfeita
Com pétalas de jasmins.

Quando chega a primavera
O luar se deita lá no alto
Excelsa e perfumadas matizes
Inebriam corações apaixonados.

Quando chega a primavera
Canto e danço... me alegro
Ao som do vento em festa.

Quando chega a primavera
Colho uma flor de cada espécie
Um buquê para momentos de amargura.

Eriem Ferrara



Primavera

Os pássaros cantam
A natureza faz festa
As flores lançam perfumes
Como balsamo
Aromatiza os ares.
É a primavera despertando
Com seu encanto
Mudando a paisagem do campo.

A primavera influencia
Todo nosso ser,
Somos envolvidos
Pelo clima da natureza
Também pudera
Somos parte dela.

Ataíde Lemos




LUA VERDE___OSWALDO ANTÔNIO

Serei eu rei
Atrás desta máscara
De barro argiloso,
Que tuas mãos ceramistas
Fizeram-na branca, vítrea e frágil
Com a tinta que descaiu
Das nuvens
E com as brasas que segregaram
Do estro?

Ou serei eu dragão
No ventre da lua,
Outrora branca, absorta e fria,
A qual fizeste jardim de inverno
Com os verdeios que nela esculpiste
Semeando flores esmeraldas
Emprestadas da primavera
E orvalhadas com as lágrimas
Recolhidas de minhas saudades,
Poetisa?

Rei ou dragão
Ofereço-te minha cabeça mascarada
Nessa bandeja de aço inoxidável
Onde o escrevedor gravou as poesias
Que de ti nasceram
e a lua verde as deixou enternecidas.





O inverno se esvai.
A primavera se esmera
com flores e haicai...*

Delores Pires


QUE VENHA A PRIMAVERA

Venha primavera,
dançaremos o colorido
das flores com a magia do amor,
com perfume de frutos no ar!

As flores voltam a crescer
colorindo de esperanças
o jardim de amores
com vaga-lumes a iluminá-lo.


O amor florescendo sorrisos,
perfumes, sabores e amores.
Ela chega dividindo sonhos
em forma de cor e luz.

É a primavera que chega
com perfume de flores no ar,
enchendo nossos jardins
junto com sol, abrindo horizontes
com as flores na explosão multicor.

Que venha a primavera
Dinamizar a essência da vida,
Das flores e de todo o meu ser!

Que venha a primavera
Encher o mundo de cores
E fazer das minhas poesias
Textos bem sedutores.
(Graciela da Cunha)



PRIMAVERA

Vem chegando à primavera,
trazendo flores e rosas
de todas as cores e aromas.

A primavera chega sorrindo,
logo sinto o perfume das flores,
que aquece meu coração solitário.

Bela e perfumada e cheia de encantos,
dá sinal que vem trazendo um amor
para adubar este coração.

Que seu colorido traga esperança,
e a força da natureza traga novos
sonhos e apague todas as dores.
(Graciela da Cunha)





PRIMAVERA

É primavera, estação das cores
No solo antes tão esturricado
A Natureza ensaia seus bordados
Com colorido de diversas flores

E feito a dança leve dos amores
Os ramos vão surgindo entrelaçados
Como se entrelaçam enamorados
Quando estão entre os cobertores

Amor-Perfeito e só reflexão
Ela foi dedicada a deusa Minerva
Símbolo do amor do coração

Por ser flor resistente e colorida
Ainda dentre seu âmago conserva
Todo o fascínio de que é feita a vida
(Graciela da Cunha e Jenário de Fátima)



PRIMAVERA

Chegou a Primavera
Trazendo a sua beleza
Os jardins floridos
Onde encontramos rosas
De todas as cores, vermelhas,
Amarelas, brancas, azuis
Trazendo paz e cantiga de amor

A primavera chega trazendo
Aromas novos
Mais uma obra de Deus!
E no jardim florido
Tem um arco-íris colorido

De tão belo deixo escapar um gemido,
são rosas germinando, margaridas
dançando em canteiros, bailando
ao vento que passa, imaginei orquestra

valsando suavemente, só elas ouviam,
só elas percebiam, no caramanchão
da praça, namorados se beijando, jurando
amor eterno, ao som da primavera.
(Graciela da Cunha e Marta Peres)


ENCANTO DE PRIMAVERA

Neste ano em plena primavera
gozaremos férias no mundo encantado
teremos quietude alegria e paz
bem longe deste mundo agitado

Vou junto com a Fada Arco-íris
aprender a arte do bem-fazer
sentiremos o calor fraterno
vamos nos esbaldar pra valer

Brincaremos com todas as flores
saudando felizes sua temporada
Pintaremos de todas as cores
pedrinhas que margeiam as estradas

Nadar com os peixinhos e sereias
renovar nossas energias lá no mar
deixaremos nossas pegadas na areia
jornada que as estrelas irão abençoar
(Graciela da Cunha/SoninhaBB)




Poética inspiração - Primavera
(O Alento)

Das noites frias e de ventos fortes,
Vem surgindo a vida, deixa as mortes,
O bálsamo do tempo cheirando flor.

Folhagens secas caídas ao chão...
A dor do ser por um tempo é ilusão
Os Poetas espremem, no peito, a dor.

Cantam a vida que vem surgindo...
Ao clarear do sol – o amor vem vindo
Quase em brasa, lenitivo de sorte.

São chamas, são deuses erguidos
Que das tuas noites são, zumbis caídos
E das primaveras, são norte.

(Poeta Dolandmay)




VEM PRIMAVERA…

Ah, primavera! Vem com flores
coloridas alegrando a natureza!
Alegra meus dias com um amor
renovado, como a seiva das rosas.

Encanta-me primavera, faz palpitar
meu coração apaixonado, assim como
me encanta o verdor das campinas.
Anseio ouvir meu trovador com sua lira!

Tomando nas mãos novos botões de rosas
sinto o rensacer da vida, vem primavera,
quero sentir o prazer e o gozo na sensação
renovada, saciar o amor numa troca, sufocar

a distância numa entrega total, pura, embalando
a alma no encanto sedutor, coração feliz por tanto
amar, e que seja durável, doce, ditoso, sentindo
a doçura de um beijo, longo, terno, apaixonado!

Marta Peres


Seja bem vinda primavera!
Traga-nos muitas flores coloridas
Enche de alegrias e cores nossas vidas
Que venha todas as flores de todas as cores
Que renasça em nós os novos amores.
Ensina-nos desafiar os espinhos e as pedras
Impostas em nossos caminhos pela vida
Nos faça fortes e lutadores e assim florirmos.
Perfume as nossas vidas agitadas
Faça-as coloridas, alegres, perfumadas
Precisamos aprender com vocês
Desafiar as pedras e espinhos,a terra árida.
Dar colorido aos nossos percalços
Vencermos barreiras e florirmos.
Seja bem vinda primavera!
Joe Luigi

PRIMAVERA

Setembro passeia pelos campos
como fada madrinha com sua varinha
a cada toque uma nova cor,
um fio de sol dourado, uma pétala de flor
um rosa inesperado, um verde adocicado,
Salamandras lilases e duendes verdes.
giram ao redor das fogueiras

Tudo na mata é louca sinfonia.

Setembro passeia pelos campos
despertando açucenas e quimeras
grilos, bezouros, borboletas
tecem no ar de renda ... a primavera.

£UNA






PRIMAVERA

Teus olhos sorrindo flores.
Coração cantando pássaros,
migram para o meu jardim.

(Sueli Fajardo)

DIAS FLORIDOS

Acorda primavera entre azaleias,
O vento traz o cheiro das palmeiras
Das flores perfumadas altaneiras
Douradas como os favos das colmeias.

São bálsamos, são doces panaceias
Florescem trigos, lírios, laranjeiras
Pintam de branco e rosa as paineiras
Sinto correr o néctar em minhas veias.


Na maciez das pétalas caídas
Acariciando os pés que tocam o chão
levando seu perfume ao coração.


Assim vão os meus dias nas floridas
Praças da passarada e borboletas
Na luz do sol, nas cores das violetas.


Camélia La Branca




Folhas ao Vento

Ele foi um sonho que passou
Uma brisa numa manhã de primavera
Ele deixou boas e más lembranças
Um beijo que ficou esperando outro
E não aconteceu

Mas com ele eu pude perceber
Que ainda tenho amor
Que ainda sou capaz de amar
Que ainda sou capaz de sofrer

A dor é inevitável
E me apego nas lembranças boas
Foi tudo tão intenso e passageiro
Como uma nuvem que passa no céu
Como o sol do meio-dia

Mas com ele eu pude perceber
Que em mim ainda existe amor
E que se as lágrimas caem
É por que ainda tenho sentimento

E se um dia nos reencontrarmos
Sentirei pelo beijo que não foi selado
Pelos abraços que não aconteceram mais
E pelo amor não aceito
Mas vou atravessar a rua e não olhar pra trás....
Chega, não vou olhar pra trás...

Elis Lima


SONETO DO AMOR NA PRIMAVERA

Dá-me todas tuas rosas nesta nova primavera
Dar-te-ei em troca muito mais do que esperas
Dar-te-ei luz, novas cores, novas eras
E meu amor, muito mais do que quimeras

Por tuas rosas, dar-te-ei a minha vida
Dar-te-ei tudo, tu serás minha querida
Para sempre a minha amada
Pela simples poesia desenhada

E nos caminhos mais floridos, dar-te-ei dias tão lindos
Entre todas tuas rosas, dar-te-ei a minha prosa
Dar-te-ei o meu estar e a razão mais exata de sonhar

Nessa nossa primavera, muito mais que tuas rosas
Dar-te-ei o meu calor, dar-te-ei todo meu ar
Dar-te-ei o meu amor, simplesmente por te amar

Adriano Hungaro



PRIMAVERA

É primavera, as rosas
Abre-se em festa
O sol impera
Como se fosse uma quimera.

É primavera, as noites
São mais belas,
Lá em cima a Lua
Realça o brilho
Em sua esfera.

É primavera, as árvores
Parecem que cantam
Junto com os pássaros
Que voam aos bandos
Contemplando a chegada
Da primavera.

É primavera, o mar
Torna-se mais azul
E as ondas chegam a praia
Misturando-se com a areia brilhante
E o Sol luzido,
Lança seus raios sobre a Terra
Exaltando a primavera.

É primavera,
Essa estação primaveril
Que torna ainda mais belo
Este imenso Brasil.

Luiz Carlos Rodrigues dos Santos



Transparente

A primavera chegou
Cores e perfume
Que se entrelaçam
Trazendo consigo o desejo de amar
Brisa fresca , suave
Entre cores que se misturam
Vai bailando indiferente
Ao meu coração que de tanto pesar
Não consegue pintar
Este verde e amarelo
Vermelho e lilás
Sentimento pertinente
De tão transparente se mostra singelo
E mesmo que as flores
Com o que tem de mais belo
Queiram colar
Este verde e amarelo
Vermelho e lilás
No meu coração , que insiste em chorar
Ë como um pincel apagando as cores
No meu coração
Que de tão transparente
Se mostra singelo
E a brisa fresca, suave
Segue bailando indiferente
Ao meu pesar.

Jane Alves Leal



Balada da Primavera

Sou apenas um pássaro
Canto porque isso está em mim
Sou apenas um pássaro
Eu vôo ferido só para não cair

Vou livre por entre as gaiolas
Mas chega uma hora
que você quer hesitar...

As flores se abrem
Os perfumes se espalham
E as pessoas querem se casar.

Mayza Graziella

"CARISMA"

Passo uma tarde toda de primavera,
Olhando o seu sorriso e não me distraio
Com o reflorescimento da flora.
No equinócio descobri o real...
...das tuas qualidades e submeti a ti.
Partilho com você o momento de alegria,
E sei que no declive dos sentimentos
A sua ajuda se fazerá presente.
A confiança torna-se apreciadas por nós,
Enriquece o nosso ser e afasta o descuido.
Mundo... Mundo pequeno para um anjo que,
Ultrapassa todas as barreiras e
Proporciona “alegria urbana” ao seu redor.
O que me alimenta é uma dádiva harmonizada
Por quem te o jeito mais meigo de ser.
...
Seja você!

Abel Alves



PRIMAVERA

Ela chega discreta
na metamorfose divina
com seus encantos, sua beleza
Seus varios perfumes,
com seu jeito peculiar.
Da vida ao seco
trazendo vigor da florada
uma eclosão de cores
num calor de amores
em uma brisa que enternece.
Crianças brincando na chuva
sobre um céu colorido
olhares sorridentes
pulsando nos movimentos
Ah, doce e bela primavera!

Patricia Tieko






OS BEIJA-FLORES DA PRIMAVERA.


Os beija-flores são todos "sultões"!
Na Primavera, sonham mais além:
Ruflam asas e pulsam corações
Às formas belas do seu rico harém...

Na Primavera, as flores são mais puras:
Há viço, cor e luz, nessas donzelas...
Os beija-flores, loucos de ternura,
Buscam-nas para amar a todas elas...

Nos jardins matizados pelas flores,
Há perfeita simbiose dos amores
Entre os "sultões" e as belas concubinas...

Os beija-flores são amantes alados!
Na Natureza em luz, amam sem pecados,
Os seus amores - as doces boninas...

J. Udine





A PRIMA VERA.

A prima Vera adora a Primavera em luz!
Neste mês, ela fez as quinze primaveras...
Sua beleza, em flor, há muito me seduz:
Me fascina na paz de líricas quimeras...

Ela sonha feliz, nesta estação dos amores:
Canta e sorri, em meio às flores vicejantes;
Persegue borboletas e ama os beija-flores,
Em seu adolescente agir de cada instante...

A prima Vera é doce menina que sonha
A Vida, em sua forma mais pura e risonha...
Por ser ingênua e bela como as açucenas,

Temo por ela, neste mundo tão perverso...
Peço, então, ao Senhor Supremo do Universo,
Que a livre, nesta Vida, de malvadas penas...

J. Udine



Preserve a primavera

Destas florestas fez a natureza,
Um país de maior prosperidade
Em sua flora grande variedade
Com uma fauna tão rica em beleza.


E nos seus rios, peixe em quantidade
Enfrentar poluição, quanta dureza!
Ave tão linda sofre agora presa,
Muitas em extinção, dura verdade.

Sofre os animais com o desmatamento,
Incêndio infernal traz calamidade,
Veneno fatal como pesticida.

Temo que de repente o sofrimento
Tira das aves a vivacidade,
Deixando a primavera então sem vida.

Camélia La Branca




ESTAÇÃO DO AMOR

Nova estação chega de mansinho
Suave perfume transborda a natureza
Fico clicando os olhos devagarzinho
Revelando esse encanto e a beleza

Nada escapa desse lindo florescer
Os pássaros em bandos gorjeiam amor
No meu olhar vejo o lindo alvorecer
Como terapia sinto o espaço da nova flor

Novas esperanças fazem reviver
O Sol, astro rei, também sorri
Abraça a terra neste meu ver
A nova estação também aderi

Nesta estação o amor encontrarei
Sinto minha primavera de ardor
Mesmo julgando sem rumo vislumbrei
É chegado o início de novo amor

Carlo Magno




Amor e Primavera

Tenho você como uma raiz
Sendo meu caule e meu broto
Como uma árvore sou feliz
Com você quero ver meu fruto

Espero que todos se lembrem
Que você é a mais bela flor
Que seu perfume me mantém
Inebriado neste lindo amor

Como as árvores envelhecem
Mas agasalham os pássaros
Vamos dar sombra aos que padecem
E amor aos estranhos que são raros

Vejo você como a mais bela rosa
Na beleza e simplicidade desta flor
Você que me embriaga com sua prosa
E me encanta com este seu ardor

Seja o caule que me sustenta
Cada passo que me leva a vitória
Seja a terra que me alimenta
Pois teu gesto que me leva a glória

Flor que desabrocha em pensamentos
Me transforma e permanece intacta
Aos mais inesperados momentos
Por mais esta primavera que repassa

Carlo Magno



PRIMAVERA DO AMOR

Uma estação chega de mansinho
Seu perfume explora a natureza
Com novo olhar aprecio sozinho
O poder que revela essa beleza

A primavera faz tudo reflorescer
O astro rei se revela no alvorecer
Numa terapia que nos faz sorrir
Esta nova estação que a de vir

Pássaros gorjeiam os novos amores
Novas esperanças fazem reviver
As plantas se enfeitam com flores
Abraçam a terra neste nosso ver

Nesta estação novos amores virão
Em outros momentos vão imaginar
Na loucura primaveril todos sentirão
Essa disposição felicidade para amar

Carlo Magno



QUANDO VOLTA A PRIMAVERA.

Ah! a estação das flores
que me lembra do amor...
das doces juras feitas
sob a luz do luar!

Que lembra belas músicas
tocada ao som da viola
Para moça lá da roça!

A beira do riacho, ao som
do gorjear dos pássaros,
embelezaram o momento.

E flor do campo ornamentou
os cabelos da cabocla amada
que me enfeitiçava a alma!

E toda vez que volta a primavera
me lembro daquela canção...
Que nos unia o coração!

(Zia Marinho



NOVO TEMPO...

E a minha primavera nasceu.
Contemplei o contorno de suas formas
na primeira flor que desabrochou.
E a aragem a tocou com um carinho
de mãe que afaga a criança
pela primeira vez.
A doçura de um soluço
emoldura o novo tempo.
É setembro...

Iveti Specorte



É PRIMAVERA...

Amor, não vá agora
fique comigo um pouco mais.
A alvorada vem surgindo,
trazendo a paz de um dia lindo.

A última estrela vai sumindo.
a lua, sonolenta se refugia
na nuvem fofinha, dormindo.
Aspire o perfume das flores
preenchendo os espaços de cores.
Permite a aragem refrescar teu rosto
Desmanchar teus cabelos com gosto
Ouve seus apelos, sua sinfonia
Percebe como a pele reage, arrepia.

Um sentimento novo
se apodera da gente, de mansinho
e se resume num beijo, um carinho

Em nossos corações
A primavera retorna com avidez.
É setembro outra vez ...

Iveti Specorte



ESTAÇÃO ENCANTO

As flores vestem trajes de gala,
O amor, escondido, se revela,
Em cada esquina, novo jardim,
em todo quintal, uma ave não cala.
um perfume com gosto de primavera,
cores explodem numa festa sem fim,
sorrissos recentes florecem contagiantes
brotam poesias nas matas, hortos, campos,
estrelas, vagalumes, intensos brilhantes,
lírios astrais, cravos e canelas aromados.
rosas em cachos, cachos de encanto,
estação doçura, clima sara, cura; sabiás.
se sente presente; espelhados, espalhados
cantos harmônicos, crônicos cantos,
nem sabia que o amor , pimavera está,
nas raízes profundas das almas radiantes.

[gustavo drummond]




PRIMAVERA EM MIM


Um dia há de chegar a primavera,
Depois dos ventos gelados do inverno.
Quando a terra aquecida fertiliza,
Espero – te espero...

Vestindo o carmim da rosa,
Transbordando perfume estonteante,
Brilha nos olhos clarão amante...
Te espero...

Dá-me tua seiva como alimento,
Cobre minhas pétalas que desabrocham.
Erga meu caule com tuas mãos ardentes,
Pois, uma rosa rubra necessita de paixão!

Retenho suaves gotas de orvalho,
Para que bebas em boca carnuda.
Vejas, que já te cobre minha magnitude...
Cenário de insana fantasia.

Flor mulher, febril e louca
- em glória de primavera -
Canta o hino dos amantes.


Ruth Maria Perrella



Flores para Você !

De volta, caminho pelas ruas
Da vida dolorida...
Das feridas
Restam cicatrizes tatuadas...
Escolho viver.
Flores sinalizam o caminho
Seu perfume se confunde
Com sua essência
E caminho em meu querer
Seguindo o som que vêm de você
E eu nem sei o que dizer
Tenho tanto pra contar...
Tantas quedas...
E me ergui sozinha
Entre dias e poesias...
Cai em seus braços
Entre minhas paisagens floridas
E seus dias cinzentos...
E eu, colorida, levo flores para você!

Dú♥Karmona®








Primavera ! Bela !


Como é bela a Primavera !
Veste-se de flores coloridas,
Perfuma a vida e dá vida,
Em cada vinda. Bem vinda !
Toda natureza se prepara,
Exala beleza, cor e amor;
Escala cada canto, com
Encanto e esplendor;
Detalhista, perfeita e completa;
Exata em cada pétala,
Minuciosa nas mais
Variadas formas, vaidosa
Nos pormenores,
Habilidade mágica,
Fadinha furta-cor;
Fragrância para
Todos os gostos;
Essência de felicidade,
Toque de amor.


Marisa de Medeiros




A PRIMAVERA ABRE A PORTA

A primavera é bem acolhida.
Chega à gloriosa data fortalecida.
Vem com brilho das estrelas.
E a lua com raios de prata.

Chuva de transparente água e vapor.
Germina na alma a doçura do amor.
Cai e destila como licor suave e aromático
Alisa o solo e nasce o sonho romântico.

Cada gota de chuva umedece
A primavera da vida fortalece.
O tempo pouco importa;
Importa que para a vida abra a porta.

Para receber o ar perfumado
Que vem pelo céu estrelado.
Colhendo raios do sol majestoso.
Edificando sonhos preciosos.

Inicia com imenso prazer
Vendo no jardim a flor florescer.
A primavera propiciou... O encanto.
Sonhar e viver são os pontos altos!

Hortência Lopes





Outrora

As rosas que outrora trazias,
nas tardes perfumadas de primavera,
hoje são pétalas envelhecidas,
guardadas numa caixinha, á tua espera....

As mãos que entrelaçavam-se faceiras,
hoje estão ásperas e enrugadas...
Trabalharam no tempo e na longa estrada
como o viticultor nas videiras....

Meus olhos, brilhantes e morenos,
envolveram-se por uma tênue névoa...
E meus cabelos , como o sereno,
brilham , brancos, como pérolas...

Meu corpo , adorado e febril
não traz mais a frescura das manhãs...
Porém brilham , ainda, á tua espera
lá no pomar....as doces romãs!

Stella Vives



PRIMAVERAS

Ah, as alturas e as nuvens brancas
Que bailam no céu cor anil,
São flutuantes lembranças francas
De um tempo leve, doce e juvenil.

Os campos, esverdeados e alegres,
Abraçavam as brancas margaridas gentis
Que bailavam ao meu redor, junto a mim,
Em brincadeiras românticas e infantis...

Os pássaros tocavam seus flautins
E as borboletas também bailavam, coloridas...
As primaveras, doce lembrança, eram assim
Como damas felizes e enternecidas...

As nuvens, os campos, os pássaros, o céu...
Tudo é igual hoje e amanhã também será.
Só as borboletas, assim feito eu,
Não bailam mais na doce estação...
Primaveras foram embora, deixando lembranças,
Doces, lindas, perfumadas em meu coração.

Stella Vives





LENDA DE PRIMAVERA

Conta a lenda primaveril,
que num dia um lindo sol se abriu,
descortinando as flores do céu!
As pétalas caíram,
sopradas pela boca do vento gentil...
E o mundo sorriu!
Lá do céu,
atente, também,
não cai só chuva,
neve ou vem frio...
Há perfume, cores,
flores, quimeras...
Que descem em uma época do ano
chamada,pela lenda, de Primavera!

Stella Vives




SAUDADE DA PRIMAVERA


Que saudade da primavera!
Como é mesmo que ela era?
Uma canção, uma flor,
perfume, pássaros...
Uma quimera?

Ah, que gostoso o ar puro
Da primavera, tempo seguro...
Quando chega, clareia , alegra ...
Quando parte, deixa tudo escuro...

Que saudade da tua luz, primavera!
Saudade de tuas manhãs doces
E de tuas tardes cálidas!
Saudades de tuas noites pálidas,
De tuas estrelas cintilantes...
Saudades de tua lua, tão amante
E dos olhos que me brilham...
Como diamante!

Saudades de ti, minha estação maravilhosa!
De tuas flores, jasmins, lírios, rosas...
De tuas borboletas insinuantes...
Saudades de tudo que és...
Do que fui...do que não fui...
Saudades do que poderei ser
Depois desse longo frio do inverno,
Enquanto não chegas, tão brilhante!

Stella Vives



Amizade é primavera...



Perfuma e encanta,
Jardim colorido,
Sentimentos floridos;
Buquê caprichado,
Flores do nosso lado
Exalando beleza
Na própria natureza
De encantar e florescer;
Rosas flutuando
A luz do luar;
Jasmim perfumando
Uma canção no ar;
Flores variadas no mar
Brilhando ao longe ou
Quando está pra chegar;
Flores que falam se misturam
E perfumam a alma;
É tanto sentir
Que não dá pra falar,
Amizade sincera
Primavera de amar.



Marisa de Medeiros




Sonhar! É primavera...



Sonhar!
Viajar...
Andar por lugares
Desconhecidos
Voar,
Liberdade de amar;
Imaginação ilimitada,
Exclusiva emoção,
Sensação inusitada,
Alma cristalina;
Leveza de bailarina
Explorar,
Terra, mar e céu,
Carrossel no ar;
Borboletas coloridas
Flores do campo,
Campo de flores
Exalando amor sem fim
É primavera em mim.



Marisa de Medeiros




Primavera chegou!



Flores sorrindo
Jardins floridos
Beija flor beijando
Borboletas voando
Alegria e vida
Natureza dando
Show de amor
Criança em flor
Flor criança
Exalando esperança
Aquarela viva
Estação festiva
São flores mil
Sob céu de anil
Nomes lindos
Beleza e esplendor
Pra nenhuma esquecer
Chamo flor do amor
Com todo meu amor
Primavera chegou!



Marisa de Medeiros


Primavera chegou ! ! !


Cenários perfumados,
Bordados, tecidos, variados;
Rosas deslumbrantes,
Flores do Campo,
No campo do nosso amor;
Borboletas coloridas,
Dão vida, na avenida de
Nossas vidas;
Primavera chegou !
Com ela, a natureza,
Na beleza da essência,
Meu amor, nosso amor,
Com mais perfume e cor.


Marisa de Medeiros




Primavera ! Meu amor !


Entre um sonho e outro,
Primavera acorda perfumada,
Festa de Flores, amores e cores;
Sempre tão esperada,
Chega com alegria, na
Mágica furta-cor, que
Inspira fantasias, a imaginação
Mais colorida ainda;
Arabesco, nos becos do coração,
Dança a emoção,
Numa Canção ritmada,
Na mais sensual paixão;
Banho de pétalas,
Chove excitação, o amor
Confirma sua grandeza,
Beleza e esplendor,
Em grande estilo,
Primavera do nosso amor.


Marisa de Medeiros


SONHOS DE PRIMAVERA

Abri a janela e vi o jardim florido
Era a chegada da estação das flores
Com o encantamento de multicores
Dando a paisagem novo colorido.

O sol com seu vermelho radiante
Doa humildemente energia vital
Do ser humano até ao vegetal
De uma bela estrela flamejante.

A alegria reina em toda a Natureza
Os pássaros pulam de galho em galho
No gramado verde o frescor do orvalho
Trazendo esperança e muita beleza.

As borboletas bailam com magia
Absorvendo o pólen das margaridas
Voam em busca de novas investidas
Usando da sutil sabedoria.

A Primavera é brilho e renovação
Do suave perfume que o amor exala
Com carinho meu coração embala
Os meus sonhos em forma de canção.

Neneca Barbosa



...É a Primavera chegando!

O arco íris da flora,
A sinfonia da fauna
E as rosas a desabrochar,
É a primavera chegando
Para a vida despertar.


A terra mesmo sendo maltratada,
As florestas sendo exterminadas
Por essa geração robótica sem sentimentos,
A Primavera chega toda faceira
Dando vida a vida...
Acabando o seu sofrimento.

Os animais se acasalam nos seus ninhos,
O verde ressurge das cinzas
E a vida começa a reflorescer,
É a sabedoria da natureza
Que a humanidade... não procura compreender.

Primavera é a estação das flores,
Inspiração dos poetas
E tempo para os animais se reproduzir,
A vida fica mais colorida
Que a até a natureza esquece...
Que o homem teima em lhe destruir.

(amaropereira)



ESTAÇÃO PRIMAVERIL

É chegada a estação da Primavera
Renovando assim toda a Natureza
Revigorando também a atmosfera
Mudando a paisagem pela beleza.

As flores encantam com alegria
A pureza da alma de uma criança
Transmitindo-nos pela sua magia
Belos sonhos em forma de esperança.

As flores são símbolos da harmonia
Equilibrando o nosso interior
Que vive numa constante alquimia.

Nossos sentimentos em floração
Acende neles a chama do amor
Deixando feliz cada coração.

Neneca Barbosa





“Bom dia dona Primavera”

Bom dia dona “Primavera”,
Hoje despertei feliz
Com as flores exalando o perfume do amor,
O Sol enviou os seus raios mais cedo
Para alegrar a vida desse poeta sonhador.

Corri até o meu jardim,
Parei diante de uma rosa ainda botão
E ela desabrochou com toda nobreza,
Respirei o perfume da “Primavera”
Chorando com tamanha beleza.

O verde de varias tonalidades,
Os pássaros nas árvores
Cantavam a mais bela melodia,
Flora e fauna em sintonia com a Primavera
Saudava o seu primeiro dia.

A noite já começa a chegar,
A Lua cheia toda faceira
Vem fazendo uma linda noite de luar,
Uma estrela cadente recebe a Primavera
Dizendo que é tempo de amar.

(amaropereira)






PRIMAVERA CHEGANDO...

Um doce perfume se espalha no ar...

Tudo se transforma
em cores ...magia

É a Primavera chegando
para dar um novo encanto
aos nossos dias

fazendo brotar
em nossos corações
a alegria,
e em nossas almas
o amor florescer...

Regina Azenha



MANHÃ DE PRIMAVERA...

Oh! graciosa manhã...

O azul do céu e o verde dos campos
ressaltam o colorido das flores...

Pássaros cantam,borboletas bailam,
fazendo a natureza vibrar de alegria

Fragrâncias espalham-se no ar
perfumando a brisa;
águas transbordam nas cascatas
nos fazendo sentir a musicalidade
da vida...

Oh! graciosa manhã...
Manhã de primavera,
beleza igual a essa
não há...

Regina Azenha





EM MIM…

Até que em fim... Agradeço
Já é primavera em mim... Cresço.
Os sentimentos acordam floridos.
Estão bem vivos e coloridos.

A alegria saltita com os pardais.
A magia corre em lindos mananciais;
Voa a felicidade em jardins e parques.
E nessa atmosfera respiro a arte.

Longas horas a fio
Já passou o inverno frio.
A paisagem com nova veste.
Exalta a arte.

A arte de Deus criador.
Dá asas para o infinito amor.
Concede a doce primavera.
Com flores perfumadas e belas.

Para resgatar o divino encanto
Somos cobertos com o seu manto.
Os sentimentos resplandecem revestidos.
E permanecem perfumados e aquecidos.


Hortência Lopes



O AMOR CRIA RAIZ

Certamente o encontro é lindo
A primavera desponta.
Despede o inverno findo.
A festa está pronta...

Visto que as cores fazem fusão
Desperta amor e a emoção.
Perfumes misturam na atmosfera.
Brinda a querida primavera.

Os animais sentem pelos faros
Perfumes e aromas raros.
Aquecidos pelos raios mornos
O sol despediu o outono e o inverno.

O amor cria raiz
Floresce a flor de lis.
Deixa o coração ardente e feliz.
Nas cores do arco-íris.

A natureza faz a iluminação
Acende a luz comanda o coração;
Exato os três meses.
Multiplica a magia três vezes.

Hortência Lopes





NO ACORDAR DO CORAÇÂO

Vem primavera e cobre o caminho
Deixa os pássaros cantarem nos ninhos.
Traga ventos perfumados e borboletas.
E flores coloridas e seletas.

Vem primavera traga lindos sorrisos
E abrace os queridos amigos.
E a alegria seja infinita;
Como as estrelas do planeta.

Vem primavera com encanto
Restaura a vida enxugue o planto;
O solo árido do inverno;
Seja coberto por flores e broto novo.

Cobre a terra campos e campinas
Leve a suave e harmoniosa brisa.
Reformule e decore a imensidão.
E a beleza seja refletida no coração.

O tempo é de esperança
Luz e linda presença.
Cantos de pássaros e flores mil...
No acordar do coração com ar primaveril.

Hortência Lopes




CARTÂO POSTAL

É um belo cartão postal
O ipê de flor amarela.
A natureza é sensacional
Deixa a paisagem bela.

Os ipês já estão floridos
A cidade acorda com brilho.
O chão fica como um tapete florido.
Araras e tucanos saltitam nos galhos.

O ipê de flor roxa lidera
Aplaude a colorida primavera.
Junto com o ipê da flor amarela.

O ipê de flor branca seduz
Como uma seda linda e transparente reluz.
A pureza é encanta com requinte de beleza.


Hortência Lopes



NOVA E DOCE PRIMAVERA

Está chegando à primavera
Depois chega o verão.
Chega à chuva e prepara a terra;
Para receber a nova estação.

Florescem os galhos já verdejantes
Com um colorido viço.
Os olhos recebem raios de luzes estimulantes;
Toda a magia celeste do bem a serviço.

Convidam toda a população
Para felizes aplaudir a nova estação.
Com o coração cheio de amor.

Definir no coração o desejo de ser feliz
Desabrochar junto com a rosa de vermelho matiz.
Numa nova e doce primavera.

Hortência Lopes





ELOS DE ESSÊNCIAS FLORAIS

A primavera chega e comanda
Entra pelo jardim e varanda.
Penetra pelos olhos o fascínio.
Estabelece no coração belo domínio.

Inicia a temporada
A natureza tem hora marcada.
Os astros celestes.
Brindam com lindas vestes.

Estende lençol colorido
E lindo tapete florido.
No campo e na colina.
O glamour alucina.

O vento sopra brisa de amor
Atração e fervor.
Convida para a primavera sentir.
E o interior florir.

Elos de essências florais
Brotam nos corações dos casais.
A primavera chega e permite.
Iluminar o sorriso com ar aconchegante.

Hortência Lopes





Estacionem por aqui, ares primaveris
Neste planalto central, por ora tão quente
O sol anda roubando mais atenção que as flores
Um pôr de dar água na boca até de beija flores!

SIGRID SPOLZINO







Acróstico

O Baile na Flor

O jardim estava coalhado de borboletas.

B ailavam no canteiro de margaridas
A nimados pela valsa das fadas.
I luminados olhos observavam ao
L onge anjos doirados,
E leitos dos céus!

N o ar, olhos atentos
A o belo espetáculo.

F lores de margarida recebiam o beijo das
L indas e coloridas borboletas e reverenciavam,
O carinho, sorriam baixando a cabeça, envergonhadas
R iam, felizes observando a valsa, e o giro no ar!

Marta Peres







PRIMAVERA, IMENSIDÃO

Imensidão eu vejo
ao caminhar entre as matas,
pássaros a colorirem o céu
e as abelhas a sugarem o mel.
Borboletas beijando as flôres
a roseira desabrochando,
a magnólia cheirosa
rodeada de quaresmeiras.
Margaridas se misturando
nos gerâneos coloridos,
enfeitando a caminhada
as vermelhas amarilis.
Colibri flutuando
e o néctar a beijar,
os canários revoando
e o bem-te-vi a cantar.

É a primavera chegando
colorindo o campo
alegrando as aves
perfumando os sonhos.
Imensidão eu vejo
nos caminhos oferecidos,
por nosso Pai Supremo
como presentes merecidos.

Amarilis Pazini Aires






È primavera...

Quando os sonhos afloram
Como botões de flores
Desabrochando
È a natureza pintando
Um quadro
Que nenhum pintor
Conseguiria reproduzir
Suas cores
E seus encantos
Formando em nosso
Planeta
Tapetes coloridos
Dando um tom místico
De tanta beleza!
Parece até que os pássaros
Ao verem tanto deslumbramento
Cantam mais alto
E novas melodias...
Os pássaros têm sensibilidade?
È possível...
Com a chegada da primavera
Toda natureza reverencia
Dando as boas vindas
Para a estação mais linda
Do ano
E nós que estamos incluídos
Na natureza
Agradecemos a Deus
Por essa manifestação
Através da primavera!

Autoria: Therezinha Ferrer









Salve a primavera!

Explosão de todas as cores
Estação dos mil amores
Dos cantos dos passarinhos
Felizes a construir seus ninhos.

É hora de recomeçar
Uma nova era que desponta
Trazendo o perfume da esperança
Nas flores que estão á desabrochar!

* Nilzinha, Maria Nilza

Marcadores:

12 Comentários:

  • Parabéns Marta por mais este trabalho maravilhoso.
    O teu blog perfuma as linhas escritas na vida.
    bjssssssssssssssssssss

    Por Blogger AMARILIS PAZINI AIRES, às 28 de setembro de 2010 14:31  

  • Martinha
    Obrigada pelo carinho e parabéns a todos os poetas.
    bjos luz
    Graciela

    Por Blogger Graciela, às 28 de setembro de 2010 15:11  

  • Parabéns Marta pelo belo jardim.
    São pérolas em formas de flores, perfumando nossos corações.
    Beijos para você e cada poeta.
    Neneca

    Por Blogger Neneca Barbosa - Um ser humano em evolução!, às 28 de setembro de 2010 18:22  

  • Querida Marta,parabéns pelo carinho e pela
    excelente magia que encanta a vida do ser humano.
    Confesso que O Rebate está fascinante; a primavera coloriu com
    perfumes e flores raras.
    É um trabalho tão belo!
    Aprecio o teu jeito de ser uma pessoa ímpar.
    Você nobre poetisa leva doce
    mensagem de luz e amor.
    Obrigada e parabéns a todos os poetas!
    Beijos no coração

    Por Blogger hortencialopes, às 29 de setembro de 2010 05:30  

  • Belíssimo Marta...Ke belo jardim e
    que encanto de palavras...Parabéns amada......Te gosto um tantão.
    Beijos de coração prá coração!!

    Por Blogger Maria L, às 29 de setembro de 2010 07:29  

  • Marta,querida amiga
    Mais uma vez obrigada pelo carinho.
    É uma honra ter meus escritos entre tantos poetas maravilhosos.
    beijos
    Regina Azenha

    Por Blogger Regina Azenha, às 30 de setembro de 2010 07:19  

  • Querida Marta;
    Seu espaço Primavera está belissimo!!!! Poemas e imagens ricos em beleza poética e bom gosto da dona do espaço - você. Aqui se sente o perfume das flores...emana olor primaveril, beleza primaveril. Agradeço a publicação de meus poemas, entre tantos tão belos.
    Parabéns pelo blog. Sucessos sempre.
    Beijosssssssssss

    Por Blogger Vera Helena, às 1 de outubro de 2010 02:57  

  • Minha linda Grande Poeta'miga MARTA PERES! PARABÉNS !
    Esse cantinho "POETAS REVERENCIAM A PRIMAVERA !"Lugar Mágico e primoroso, graças a FLOR DE RARA GRANDEZA "VOCÊ".É apaixonante adentrar no perfume de cada um que aqui está e que por aqui passar.Obrigada por me incluir entre tantos poetas maravilhosos, a quem deixo MEUS SINCEROS PARABÉNS!PRIMAVERA são flores e flores é o que devemos plantar e colher nesta vida...num JARDIM HUMANO INDESCRITÍVEL.VOCÊ é brilho e perfume!Te adoro!BEIJOS A TODOS OS POETAS E MUITO ESPECIALMENTE NA SUA ALMA FLORIDA E PERFUMADA!BEIJOS!

    Por Blogger Marisa, às 2 de outubro de 2010 20:59  

  • Parabéns, Marta!
    Uma delícia tua obra literária, Teu trabalho artístico, tua alma criadora.
    Faz-nos crer que o céu pode ser aqui...também!

    Por Blogger poetas de rondonia, às 4 de outubro de 2010 10:49  

  • Quantas rosas exalando o perfume da primavera!
    Parabéns poetisa Marta Peres por não deixar a primavera cair no esquecimento.
    Um beijo no coração

    Por Blogger Blog do Caldeirão, às 4 de outubro de 2010 16:22  

  • Marta , querida, essa página está maravilhosamente linda e perfumada!
    Fiquei encantada! Quanta poesia , quanto despertar a primavera nos traz!
    Beijos florbelianos, amada!

    Por Blogger STELLA VIVES, às 8 de outubro de 2010 15:48  

  • PARABÉNS POETISA E COLUNISTA MARTA
    O AROMA DESTE JARDIM ENCANTOU ATÉ O MAIS HUMLDE DOS POETAS.
    PARABÉNS A TODOS POETAS QUE AQUI FORAM POSTADOS, VOCÊS TORNARAM A PRIMAVERA MAIS ALEGRE E FLORIDA.
    OBRIGADO MARTA POR VOCÊ EXISTIR ÉS UM ENCANTO DE PESSOA.
    ABRAÇO A TODOS.
    CARLO MAGNO

    Por Blogger Imaginação, às 11 de outubro de 2010 17:57  

Postar um comentário

<< Home